Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da fossildiagênese de lingulídeos infaunais da sucessão Devoniano da Bacia do Paraná, Brasil: implicações taxonômicas e paleoecológicas

Processo: 12/03517-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Juliana de Moraes Leme Basso
Beneficiário:Carolina Zabini
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Devoniano   Raman   Paleontologia   Bacia do Paraná

Resumo

O estudo de lingulídeos infaunais vem fornecendo importantes informações acerca de condições paleoambientais e dos diversos eventos geradores dos depósitos fossilíferos do Devoniano na Bacia do Paraná. Grande parte dos estudos realizados com estes organismos tiveram seu foco na biostratinomia e na associação dos dados fósseis com a estratigrafia de sequências. Portanto, análises fossildiagenéticas com lingulídeos são ainda escassas, mas podem vir a esclarecer diferentes caminhos de preservação cujas relações com a química do ambiente sedimentar e com seus pares viventes (Lingula e Glottidia), ainda não estão completamente compreendidas. Para o estudo fossildiagenético destes organismos, o presente projeto prevê a utilização de técnicas inovadoras na análise de fósseis, como a análise Espectroscópica por RAMAN, além de métodos mais comumente aplicados, como MEV-EDS. O presente projeto tem como objetivos: a) reconhecer quais são os tipos preservacionais e de que forma a diagênese atuou na preservação dos lingulídeos; b) definir o papel do processo de fossilização na modificação de feições morfológicas em gêneros e espécies de lingulídeos; c) ampliar o conhecimento sobre os efeitos diagenéticos do processo de fossilização nas análises taxonômicas através da utilização de métodos e técnicas inovadoras de estudo dos tipos preservacionais em macrofósseis paleozóicos; d) avaliar o impacto dos dados obtidos na sistemática da fauna de lingulídeos, definindo quais e quantos são os gêneros e espécies preservados; e) comparar os resultados com amostras de lingulídeos atuais, a fim de determinar diferenças quanto à biomineralização das conchas e sua implicação no registro fossilífero. A aplicação de técnicas inovadoras, disponíveis no local de execução do projeto (IGc/USP, dentre outros), associada à importância da compreensão dos caminhos fossildiagenéticos deste grupo fóssil perfazem os principais argumentos a favor da execução deste projeto.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZABINI, CAROLINA; ANELLI, LUIZ EDUARDO; LEME, JULIANA DE MORAES. FIRST OCCURRENCE OF A LINGULIDE (BRACHIOPODA: LINGULIDAE) AT PIAUI FORMATION (UPPER CARBONIFEROUS), PARNAIBA BASIN, BRAZIL. Revista Brasileira de Paleontologia, v. 19, n. 3, p. 527-530, SEP-DEC 2016. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.