Busca avançada
Ano de início
Entree

Desigualdade de renda e saúde dos idosos: análise longitudinal multinível de uma amostra do Município de São Paulo

Processo: 12/09717-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Ruy Laurenti
Beneficiário:Alexandre Dias Porto Chiavegatto Filho
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/53778-3 - Estudo longitudinal sobre as condições de vida e saúde dos idosos do município de São Paulo - estudo SABE, AP.TEM
Assunto(s):Saúde do idoso   São Paulo   Desigualdade de renda

Resumo

Presença de baixa renda tem sido constantemente associada a piores condições de saúde. Por outro lado, os efeitos da importância da distribuição local da renda ainda são inconclusivos. O presente estudo objetiva analisar como a desigualdade de renda do Município de São Paulo pode afetar a saúde dos residentes idosos. Serão utilizados os dados do Estudo de Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento (SABE), realizado em 2000, 2006 e 2010 (Projeto Temático FAPESP: 09/53778-3) com 2.143 idosos de 49 distritos do Município de São Paulo analisados por meio de questionários e testes cognitivos, físicos e antropométricos. Serão estimados modelos multiníveis com a presença de doenças (hipertensão, diabetes, doenças pulmonares, câncer e doença do coração), capacidade funcional, avaliação cognitiva e capacidade física (força, flexibilidade e equilíbrio) para testar sua associação com a desigualdade de renda do distrito de residência (medida pelo índice de Gini), após controle por características individuais (idade, sexo, escolaridade, Índice de Massa Corpórea (IMC), tabagismo e renda). Na sequência, será introduzida uma análise longitudinal onde o período das três entrevistas será adicionado como novo nível no modelo. Pelo cálculo de curvas de crescimento (growth curve models), será testado como as mudanças longitudinais nas condições de saúde variam em função do nível de desigualdade de renda existente no distrito de residência. A análise dos resíduos do modelo multinível permitirá identificar os distritos cuja desigualdade de renda está mais associada ao aparecimento de problemas de saúde. O estudo será supervisionado pelo Prof. Dr. Ruy Laurenti e terá a coordenação e avaliação da Profa. Dra. Maria Lúcia Lebrão, Prof. Dr. Ichiro Kawachi e Prof. Dr. S.V. Subramanian.

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHIAVEGATTO FILHO, ALEXANDRE D. P.; KAWACHI, ICHIRO. Income inequality is associated with adolescent fertility in Brazil: a longitudinal multilevel analysis of 5,565 municipalities. BMC PUBLIC HEALTH, v. 15, FEB 7 2015. Citações Web of Science: 7.
PORTO CHIAVEGATTO FILHO, ALEXANDRE DIAS; BELTRAN-SANCHEZ, HIRAM; KAWACHI, ICHIRO. Racial Disparities in Life Expectancy in Brazil: Challenges From a Multiracial Society. American Journal of Public Health, v. 104, n. 11, p. 2156-2162, NOV 2014. Citações Web of Science: 11.
PORTO CHIAVEGATTO FILHO, ALEXANDRE DIAS; KAWACHI, ICHIRO; WANG, YUAN PANG; VIANA, MARIA CARMEN; SILVEIRA GUERRA ANDRADE, LAURA HELENA. Does income inequality get under the skin? A multilevel analysis of depression, anxiety and mental disorders in Sao Paulo, Brazil. JOURNAL OF EPIDEMIOLOGY AND COMMUNITY HEALTH, v. 67, n. 11, p. 966-972, NOV 2013. Citações Web of Science: 21.
PABAYO, ROMAN; CHIAVEGATTO FILHO, ALEXANDRE D. P.; LEBRAO, MARIA LUCIA; KAWACHI, ICHIRO. Income Inequality and Mortality: Results From a Longitudinal Study of Older Residents of Sao Paulo, Brazil. American Journal of Public Health, v. 103, n. 9, p. E43-E49, SEP 2013. Citações Web of Science: 5.
ALEXANDRE DIAS PORTO CHIAVEGATTO FILHO; RUY LAURENTI. Disparidades étnico-raciais em saúde autoavaliada: análise multinível de 2.697 indivíduos residentes em 145 municípios brasileiros. Cadernos de Saúde Pública, v. 29, n. 8, p. 1572-1582, Ago. 2013.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.