Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas dispersos líquido-cristalinos com cinética de liberação de fármacos controlada por gatilho bioquímico.

Processo: 12/12340-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Watson Loh
Beneficiário:Fernanda Poletto
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/13153-0 - Investigação do efeito de enzimas na estrutura de sistemas dispersos líquido-cristalinos, BE.EP.PD
Assunto(s):Toxoplasmose   Tensoativos   Cristais líquidos   Nanobiotecnologia   Sistemas de liberação de medicamentos

Resumo

O controle da liberação de fármacos incorporados em sistemas dispersos, por meio de gatilhos bioquímicos, é uma área relativamente nova no cenário acadêmico mundial. Tais sistemas respondem a demandas específicas do organismo, aumentando a eficácia terapêutica e reduzindo os efeitos adversos decorrentes do tratamento. Nesse projeto, propõe-se o emprego dessa estratégia para a obtenção de sistemas capazes de responder à ação de enzimas (tirosina hidroxilase e DOPA descarboxilase) produzidas em maior quantidade no cérebro devido à presença de cistos do parasita Toxoplasma gondii. Os sistemas empregados serão cristais líquidos constituídos de fitantriol, um álcool capaz de formar fases cúbicas bicontínuas reversas em regime diluído sob temperatura fisiológica e que apresenta resistência à ação de esterases (permitindo administração por via oral), água e tensoativo derivado de L-tirosina. A L-tirosina é substrato para as enzimas que são foco desse estudo, sendo convertida à dopamina. A conversão enzimática da cabeça polar do tensoativo, de L-tirosina para dopamina, pode induzir uma mudança na estrutura de fase dos sistemas dispersos, que consequentemente deve levar à alteração controlada da cinética de liberação do fármaco. Correlações entre parâmetros cinéticos e estruturais permitiriam demonstrar a potencialidade desses sistemas para futura aplicação no tratamento da toxoplasmose.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
POLETTO, F. S.; LIMA, F. S.; LUNDBERG, D.; NYLANDER, T.; LOH, W. Tailoring the internal structure of liquid crystalline nanoparticles responsive to fungal lipases: A potential platform for sustained drug release. COLLOIDS AND SURFACES B-BIOINTERFACES, v. 147, p. 210-216, NOV 1 2016. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.