Busca avançada
Ano de início
Entree

Soldagem por feixe de laser pulsado do aço inoxidável duplex UNS S32205

Processo: 12/12838-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Pesquisador responsável:Vicente Afonso Ventrella
Beneficiário:Bruno Crepaldi Alves
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Soldagem   Aço inoxidável

Resumo

Este trabalho de iniciação científica envolve o estudo da influência da energia do pulso de soldagem laser Nd:YAG sobre o balanço de fases ferrita/austenita do aço inoxidável duplex UNS S32205 . Os cordões de solda laser serão obtidos com intensidade do feixe laser variando de 10 a 60 W/cm2 , mantendo a energia do pulso igual a 6,0 Joules, largura temporal de 4, 6, 8 e 10 ms, e profundidades de foco de 1,0; 1,5 e 2,0 mm abaixo da superfície da peça. Os resultados obtidos através desse estudo proposto serão, portanto, comparados com resultados experimentais disponíveis na literatura, os quais foram gerados através de outros processos de soldagem. Desse modo, o papel do laser no controle das fases austenita e ferrita será investigado, onde será demonstrado a viabilidade do uso do processo de soldagem por laser pulsado Nd:YAG no controle das fases presente no metal de solda, e portanto garantindo uma boa tenacidade e boa resistência à corrosão da junta soldada. A contribuição pretendida por este projeto de Iniciação Científica deve ser no sentido de se obter uma maior difusão de informações acerca da aplicação de uma fonte laser de estado sólido, pulsado, Nd:YAG na soldagem do aço inoxidável duplex UNS S32205. O projeto possui grande potencial de inovação na área de lasers, através da aplicação de laser pulsado de estado sólido (Nd:YAG) na união de aço duplex, importante constituinte dos componentes metálicos das indústrias de Petróleo e Gás Natural. Os resultados obtidos poderão contribuir na redução de prejuízos provocados por falhas prematuras de componentes, mas principalmente diminuir os riscos de acidentes ambientais e operacionais que possam ser provocados por estas falhas.