Busca avançada
Ano de início
Entree

"Papel da Neurotransmissão Noradrenérgica do Locus coeruleus na Área Pré-Óptica Medial de Ratas na Gênese do Pico de LH"

Processo: 12/15740-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Janete Aparecida Anselmo Franci
Beneficiário:Yan Zuanon Barruchelli
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/51610-8 - Papel da neurotransmissao noradrenergica via kisspeptina na genese do pico de lh em ratas., AP.R
Assunto(s):Hormônio luteinizante   Locus cerúleo   Área pré-óptica   Noradrenalina

Resumo

O pico pré-ovulatório de LH induz a ovulação e é essencial para a reprodução em mamíferos. Dados de estudos de microdiálise da APOM do nosso laboratório mostram que a reposição estrogênica diminui a liberação de noradrenalina (NA) na Área Pré-Óptica Medial (APOM) bem como a de LH e que um aumento desta liberação a partir das 15 h ocorre juntamente com o pico de LH. A progesterona amplificou e antecipou o pico de NA na APOM bem como o de LH em ratas ovariectomizadas tratadas com estradiol (OVE). Embora fique claro que a ação da progesterona na liberação de LH se fez via aumento de liberação de NA, o estudo não permite identificar o local de sua origem. Uma vez que o LC não é a única fonte de inervação noradrenérgica aos neurônios GnRH da APOM, os quais também recebem inputs noradrenérgicos dos grupos neuronais A1 e A2, torna-se necessário dissociar a NA originária do LC da NA dos outros núcleos que inervam a APOM. A neurotoxina DSP-4 degenera seletivamente os axônios de neurônios do LC. Porque o DSP-4 é capaz de atravessar a barreira hemato-encefálica, a administração sistêmica (assim como a intracerebroventricular) leva à degeneração de axônios noradrenérgicos do LC de outras áreas, além da APOM. Por outro lado, a ação desta substância permite que através de microinjeções, a denervação noradrenérgica seja feita em áreas distintas e bem definidas do SNC, sem que outras áreas-alvo do LC sejam afetadas. Dessa forma, este estudo se propõe a avaliar a participação da NA do LC sobre a secreção de GnRH e LH, por meio da denervação noradrenérgica da APOM com DSP4 e de estudos de microdiálise in vivo da APO, em ratas ovariectomizadas tratadas com esteróides ovarianos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)