Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da informação somatossensorial adicional no controle postural de indivíduos pós acidente vascular encefálico

Processo: 12/12572-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Sandra Maria Sbeghen Ferreira de Freitas
Beneficiário:Iara Mont Alvão Guedes de Araujo
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Acidente vascular cerebral   Equilíbrio postural   Transtorno de movimento estereotipado   Paresia

Resumo

Muitas atividades da vida diária são executadas na postura ereta e exigem um adequado funcionamento do sistema de controle postural. Indivíduos que sofreram um acidente vascular encefálico (AVE) apresentam dificuldades em manter nesta postura, indicados pelo aumento nas oscilações corporais e maior assimetria na destruição do peso corporal entre os membros inferiores direito e esquerdo. Tais dificuldades poderiam ser devido a problemas motores, sensoriais e/ou cognitivos que causariam uma maior dependência na realização das tarefas do cotidiano e o maior risco de quedas desses indivíduos. Recentemente, nós observamos que indivíduos que sofreram um AVE são capazes de utilizar informações somatossensoriais adicionais fornecidas pelo toque suave da ponta do dedo indicador com uma superfície rígida na redução das oscilações corporais. Esse efeito da informação somatossensorial adicional foi observado mesmo quando eles apresentaram uma maior variabilidade da força vertical aplicada na barra de toque. No entanto, as relações entre as forças horizontais (antero-posterior e médio-lateral) e as oscilações posturais não foram investigadas por limitação no equipamento. Um projeto recentemente aprovado pela FAPESP irá permitir que essas forças sejam mensuradas durante a aquisição dos dados de sensores tridimensionais fixados em duas barras de toque. Assim, a relação entre as forças horizontais aplicadas à barra de toque e as oscilações do centro de pressão mensuradas pelas plataformas de força poderá será identificada em cada direção. Portanto, o objetivo do presente estudo é verificar o efeito das informações somatossensoriais no controle postural de indivíduos pós AVE. Assim, buscaremos com este estudo entender como as informações somatossensoriais são utilizadas pelo sistema de controle postural na manutenção da postural ereta. (AU)