Busca avançada
Ano de início
Entree

Coleta e manutenção de peixes para experimentação científica e auxílio em atividades de laboratório

Processo: 12/17339-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Eduardo Alves de Almeida
Beneficiário:Cintya Aparecida Costa Vieira
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/52061-8 - Efeitos bioquímicos e estrogênicos do Diuron e seus metabólitos, isoladamente ou em combinação com alquilfenois em Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus), AP.BIOEN.R
Assunto(s):Ecotoxicologia

Resumo

Uma das atividades que toma bastante tempo em nossas pesquisas é a obtenção dos peixes. Para a obtenção das tilápias necessárias para os experimentos previstos nos projetos de nosso grupo, temos de estar sempre indo atrás de fornecedores que nem sempre nos disponibilizam animais. Temos conseguido os animais junto ao CAUNESP - Jaboticabal, ou com pesqueiros de nossa região. Dessa forma, temos de estar constantemente em contato e alertas, para que na primeira oportunidade em que apareçam peixes para venda ou doação, possamos estar prontos para buscá-los. Para tanto, é importante termos uma pessoa sempre disponível para ir atrás dos animais, ou melhor, cuja uma das funções no grupo seja exatamente essa. Além disso, após as coletas, é importante também a cotidiana manutenção dos animais, ou seja, cuidar da alimentação, verificar a qualidade da água, efetuar trocas periódicas da água, verificar se os animais estão saudáveis e se não providenciar o devido tratamento, etc. Para tanto, solicita-se a presente bolsa por um período de 2 anos, para que tenhamos um técnico justamente voltado para essas atividades, evitando que os próprios alunos de IC e pós-graduação, tenham de desviar seu tempo para essas atividades.Assim, além de estar sempre na busca de peixes para manutenção do estoque do laboratório, o aluno contemplado com a presente bolsa, caso aprovada, se responsabilizará pelo cuidado dos animais, manutenção dos tanques, alimentação, troca de água, etc. Além disso, o aluno auxiliará os estagiários de IC e pós-graduação na montagem dos experimentos com peixes, coleta e dissecção dos animais, e contribuirá também na manutenção dos aquários e limpeza dos mesmos e tratamento da água após os experimentos, maximizando assim o tempo dos estagiários para que desenvolvam outras atividades, deixando estas questões de manutenção e limpeza aos cuidados do bolsista TT3. Como são atividades que muitas vezes não ocupam o dia inteiro, nos períodos em que não estiver envolvido nestas questões primordiais da solicitação, o TT3 deverá também contribuir na manutenção do laboratório de uma forma geral, em questões como limpeza e organização, verificando os estoques de reagentes e necessidades de aquisição de materiais de consumo de rotina em laboratório tais como luvas, papel higiênico, álcool entre outros, se responsabilizando pelas providencias necessárias para o bom andamento das atividades de laboratório, e auxiliando no cadastramento das notas fiscais no sistema Agilis da FAPESP para prestação de contas ao final do ano. Por serem atividades que dependem de diversos fatores externos, não apresento cronograma de etapas a serem desenvolvidas. Todas atividades aqui previstas deverão ser constantemente desenvolvidas ao longo do ano.