Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos nervos renais em um modelo experimental de hipertensão

Processo: 12/05282-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 20 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 19 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Ruy Ribeiro de Campos Junior
Beneficiário:Erika Emy Nishi
Supervisor no Exterior: Clive N. May
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Florey Institute of Neuroscience and Mental Health, Austrália  
Vinculado à bolsa:10/09003-4 - Papel da atividade nervosa simpática renal na hipertensão renovascular experimental, BP.DR
Assunto(s):Angiotensina II   Hipertensão

Resumo

A hipertensão arterial é uma síndrome complexa mediada por fatores genéticos e ambientais. Devido aos diversos mecanismos de interação envolvidos na manutenção da hipertensão o controle do aumento da pressão arterial ainda é um desafio. A simpatoexcitação e a ativação do sistema renina angiotensina (Ang) são os principais alvos no tratamento da hipertensão, assim, nosso objetivo é entender a interação entre estes sistemas em um modelo experimental de hipertensão. Nossos estudos prévios mostraram que após 10 dias de denervação renal total a pressão arterial foi reduzida em um modelo de hipertensão dependente de Ang II, o modelo 2 rins - 1 clipe (2R-1C) em ratos Wistar. Assim, o principal objetivo da presente proposta é estudar a atividade aferente e eferente renal, separadamente, por denervação seletiva em uma espécie animal que permite registro crônico de pressão arterial e dois territórios de inervação simpática simultaneamente, para o rim e para o coração. Denervação aferente e eferente seletiva será realizada em ovelhas infundidas intracerebroventricularmente (icv) com Ang II e a pressão arterial, atividade nervosa simpática renal (ANSr) e atividade nervosa simpática cardíaca (ANSc) serão mensuradas por 14 dias nas ovelhas acordadas. Receptores de Ang II tipo 1 (AT1) e tipo 2 (AT2) serão quantificados nos rins, Ang II, atividade de renina plasmática, Na+, K+, proteinúria e clearance de uréia e creatinina serão mensuradas durante a infusão icv de Ang II e denervação renal seletiva. Portanto, a presente proposta pretende entender os mecanismos pelos quais a Ang II e ativação simpática interagem e contribuem para a manutenção da hipertensão. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOOTH, LINDSEA C.; SCHLAICH, MARKUS P.; NISHI, ERIKA E.; YAO, SONG T.; XU, JIANZHONG; RAMCHANDRA, ROHIT; LAMBERT, GAVIN W.; MAY, CLIVE N. Short-term effects of catheter-based renal denervation on cardiac sympathetic drive and cardiac baroreflex function in heart failure. INTERNATIONAL JOURNAL OF CARDIOLOGY, v. 190, p. 220-226, JUL 1 2015. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.