Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da exposição a um pesticida piretróide na performance natatória e em comportamentos olfatórios em peixes

Processo: 12/05900-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 21 de agosto de 2012
Vigência (Término): 20 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Gilberto Moraes
Beneficiário:Francine Perri Venturini
Supervisor no Exterior: Christopher J. Kennedy
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Simon Fraser University, Canadá  
Vinculado à bolsa:10/17007-0 - Respostas adaptativas do teleósteo matrinxã (Brycon amazonicus) exposto ao piretróide lambda-cialotrina: metabolismo antioxidante, parâmetros histológicos e hematológicos, BP.DR
Assunto(s):Comportamento animal   Peixes   Olfato   Toxicologia veterinária   Agrotóxicos

Resumo

Atualmente, o uso de defensivos agrícolas é cada vez maior, sendo que há uma tendência à utilização de produtos considerados menos tóxicos em substituição aos pesticidas altamente tóxicos e persistentes. Os piretroides sintéticos são uma alternativa ao uso de inseticidas persistentes no meio ambiente por apresentarem baixa toxicidade para aves e mamíferos e não-acúmulo na cadeia trófica. Os peixes são organismos não-alvo frequentemente expostos a piretroides que alcançam os corpos d'água, sofrendo efeitos adversos. O alvo principal dos inseticidas piretroides são os canais de sódio, os quais têm sua abertura e fechamento prejudicados, levando assim a injúrias no sistema nervoso central dos peixes. Duas funções importantes dos peixes, que são mediadas por este sistema, podem ser mais susceptíveis a pesticidas neurotóxicos, produzindo efeitos sub-letais. Tais funções incluem o olfato e a performance natatória, as quais, quando prejudicadas, podem levar a performances e respostas comportamentais alteradas. Visto a importância desse sistema em diversas atividades e a relevância ecológica desses possíveis danos nas populações de peixes, o objetivo desse projeto é avaliar os prejuízos potenciais da exposição a piretroides no que concerne à capacidade olfativa dos peixes e sua performance natatória. (AU)