Busca avançada
Ano de início
Entree

Tecnologias da dominação e tecnologias de si: dialética da emancipação

Processo: 12/13655-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 04 de setembro de 2012
Vigência (Término): 03 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia
Pesquisador responsável:Vladimir Pinheiro Safatle
Beneficiário:Silvio Ricardo Gomes Carneiro
Supervisor no Exterior: Douglas MacKey Kellner
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of California, Los Angeles (UCLA), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:09/16831-3 - O poder sobre a vida: Marcuse e a biopolítica, BP.DR
Assunto(s):Psicanálise   Teoria crítica

Resumo

O projeto é o desdobramento da pesquisa de doutorado "Poder sobre a Vida: Marcuse e a Biopolítica", em que procuramos aproximar o pensamento marcuseano das categorias foucaultianas de biopoder. No caso específico deste estágio do exterior, a pesquisa segue as investigações de Douglas Kellner, cujos estudos sobre a pós-modernidade, bem como sua aproximação com a perspectiva marcuseana, permitirão a perspectiva para uma teoria crítica da biopolítica. A partir dos termos das tecnologias da dominação e das tecnologias de si, atributos das respectivas estruturas foucaultianas da genealogia e da estética da existência, Kellner desenvolve um campo de investigação que reinsere Marcuse no interior do debate contemporâneo da biopolítica. Isto porque o comentador encontra limites nestas formulações foucaultianas, sobretudo no que diz respeito às considerações da resistência: elementos que demandam uma dialética da emancipação. (AU)