Busca avançada
Ano de início
Entree

Inovação no diagnóstico utilizando testes imunocromatográficos: uma ferramenta de detecção para doenças negligenciadas

Processo: 12/09096-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Roxane Maria Fontes Piazza
Beneficiário:Letícia Barboza Rocha
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diarreia   Dengue   Testes imunológicos

Resumo

Os testes imunocromatográficos (IC) estão sendo amplamente aplicados a diferentes patógenos, por permitir resultado rápido, baixo custo, estabilidade em longo prazo, facilidade de aplicação e leitura dos resultados. Considerando estas propriedades, o teste IC pode ser empregado em locais de baixa renda e poucos recursos laboratoriais, principalmente na detecção de doenças de pouco interesse para países desenvolvidos, como a diarreia e a dengue. A doença diarreica é considerada um dos principais problemas de saúde pública mundial, causando cerca de 1,5 milhão de mortes anuais em crianças abaixo de cinco anos de idade. Dentre os patógenos causadores, as Escherichia coli diarreiogênicas são responsáveis por 30 a 40% dos episódios de diarreia aguda nos países em desenvolvimento. A aplicação de anticorpos específicos no desenvolvimento de um teste imunocromatográfico (IC) permitiu detectar ETEC, STEC e EPEC através de suas toxinas e proteínas secretadas, viabilizando sua futura utilização em laboratórios clínicos e hospitais. A dengue, no Brasil é considerada uma doença epidêmica, desta forma o rápido diagnóstico pode favorecer um cuidado médico adequado e ajudar a conter a disseminação da doença. Conforme verificado, o diagnóstico é uma ferramenta essencial para minimizar e controlar ocorrências dessas doenças. Dessa forma, a proposta deste projeto é desenvolver e aprimorar testes imunocromatográficos de diagnóstico rápido e de baixo custo para diarreia e dengue. Além disso, fazer estudos de escalonamento nos kits já desenvolvidos, verificando a viabilidade para produção em maior escala.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROCHA, LETICIA BARBOZA; DOS SANTOS ALVES, RUBENS PRINCE; CAETANO, BRUNA ALVES; PEREIRA, LENNON RAMOS; MITSUNARI, THAIS; AMORIM, JAIME HENRIQUE; POLATTO, JULIANA MOUTINHO; BOTOSSO, VIVIANE FONGARO; FRAZATTI GALLINA, NEUZA MARIA; PALACIOS, RICARDO; PRECIOSO, ALEXANDER ROBERTO; HERNANDES GRANATO, CELSO FRANCISCO; LEAL OLIVEIRA, DANIELLE BRUNA; DA SILVEIRA, VANESSA BARBOSA; LUZ, DANIELA; DE SOUZA FERREIRA, LUIS CARLOS; FONTES PIAZZA, ROXANE MARIA. Epitope Sequences in Dengue Virus NS1 Protein Identified by Monoclonal Antibodies. ANTIBODIES, v. 6, n. 4 DEC 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.