Busca avançada
Ano de início
Entree

Reabilitação psicossocial e Estratégia Saúde da Família: desafios no cuidado à saúde mental

Processo: 12/13720-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Carmen Lúcia Cardoso
Beneficiário:Mara Soares Frateschi
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde mental   Estratégia saúde da família   Psicologia da saúde   Reabilitação psicossocial

Resumo

A Estratégia Saúde da Família (ESF) tem se destacado como uma importante alternativa para a (re) inserção da pessoa em sofrimento mental na sociedade, em conformidade com os preceitos da Reforma Psiquiátrica. Dentro deste contexto, destaca-se a interface existente entre as propostas da ESF e as da Reabilitação Psicossocial, enquanto abordagem, a qual consiste num processo que visa a emancipação da pessoa, a redução da discriminação e da estigmatização, o melhoramento das capacidades individuais e sociais e a criação de um sistema de apoio de longa duração. O presente estudo objetiva identificar e compreender as ações desenvolvidas pela ESF no que se refere à Reabilitação Psicossocial em saúde mental, a partir da perspectiva dos diferentes atores envolvidos. O instrumento utilizado para a coleta de dados será a entrevista aberta. A amostra será composta por profissionais de saúde da ESF, usuários da ESF identificados pela equipe de saúde como estando em sofrimento mental e seus respectivos cuidadores. A coleta será realizada em duas Unidades de Saúde da Família (USF) da cidade de Ribeirão Preto-SP. Todos os profissionais que compõem as equipes das USF serão convidados a colaborar com o estudo. As entrevistas serão áudio gravadas e transcritas na íntegra. O material será submetido à análise seguindo a abordagem qualitativa em pesquisa e utilizar-se-á como ferramenta a Análise de Conteúdo Temática, composta por três etapas, a saber: a) pré-análise; b) exploração do material; c) tratamento dos resultados e interpretação. Estudos acerca dos recursos e potencialidades da ESF no que tange à assistência à saúde mental é um assunto que vem ganhando destaque na literatura nacional e internacional, tendo em vista a importância da Reabilitação Psicossocial no contexto das comunidades e dos territórios, bem como a potência dos mesmos para o desenvolvimento de novas formas de fazer saúde.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FRATESCHI, Mara Soares. Reabilitação psicossocial e estratégia saúde da família: desafios no cuidado à saúde mental. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.