Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da suplementação prolongada de ácidos graxos insaturados na alimentação de novilhas Bos taurus sobre a qualidade oocitária e embrionária, perfil hormonal e metabólico

Processo: 12/02072-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Francisco Palma Rennó
Beneficiário:Lenita Camargo Verdurico
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bovinos leiteiros   Nutrição animal   Reprodução animal   Ácidos graxos

Resumo

A criação de novilhas de reposição direcionadas para a produção leiteira é atividade essencial dentro de sistemas de produção de leite, sendo, no entanto, categoria animal que não tem merecido a adequada atenção dentro de rebanhos leiteiros. Muitas vezes esta categoria é relegada a um plano inferior em relação a outros animais do rebanho, como as vacas em lactação e bezerros jovens. Dentre os fatores que exercem influência na reprodução, a nutrição tem um papel reconhecidamente importante por afetar diretamente aspectos da fisiologia e desempenho reprodutivo na fêmea bovina. Há muita controvérsia sobre os efeitos do "flushing" nutricional ou incremento na ingestão de matéria seca (IMS) sobre a fertilidade e produção embrionária em ruminantes. Por outro lado, como aspecto positivo, diversos trabalhos têm demonstrado resultados favoráveis com o uso de suplementos à base de gordura sobre a função reprodutiva de fêmeas de corte e leite. As principais famílias de ácidos graxos poliinsaturados (AGPs) que afetam a fertilidade são n-3 e n-6. A causa da associação observada entre suplementação com lipídeos e maiores concentrações circulantes de hormônios esteroides relatada por diversos autores não está bem definida. A suplementação com gordura tem efeitos benéficos no folículo, oócito, embrião e no útero em vacas leiteiras. Estes efeitos benéficos das fontes de gordura, sobre a qualidade oocitária e sobre a qualidade da produção de embriões in vitro, são relatados por diversos autores. O mecanismo pelo qual a gordura dietética proporciona a melhora na produção e qualidade oocitária e embrionária parece estar relacionada com a atenuação do balanço energético negativo e com a depressão na síntese de prostaglandinas uterinas. No entanto o ácido graxo específico ou o grupo de ácidos graxos que causam essa melhora ainda não são totalmente conhecidos. A hipótese do estudo sugere que a suplementação com ácidos graxos insaturados influencia positivamente a qualidade oocitária e embrionária, otimizando o desempenho reprodutivo através da melhora na produção e qualidade oocitária e embrionária, sendo a resposta dependente do tempo de suplementação e tipo de ácido graxo utilizado. Desta forma, objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes fontes de ácidos graxos essenciais, ômega 3 e ômega 6, e o tempo de suplementação, sobre a qualidade oocitária e embrionária em novilhas da raça Holandesa. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VERDURICO, Lenita Camargo. Efeito da suplementação prolongada de ácidos graxos insaturados na alimentação de novilhas Bos taurus sobre a qualidade oocitária e embrionária e perfil metabólico. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Pirassununga.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.