Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos neurofisiológicos do neurofeedback para o tratamento de TDAH em crianças pré-escolares: um ensaio clínico aberto

Processo: 12/05642-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Guilherme Vanoni Polanczyk
Beneficiário:Matheus Gerhard Rosenfeld
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Crianças   Pré-escolar   Neurofeedback

Resumo

Introdução: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é caracterizado por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade excessivas para a idade e que causam prejuízo funcional. Existem evidências consistentes de que seus primeiros sintomas são aparentes nos primeiros anos de vida. Porém, os tratamentos atualmente disponíveis para TDAH mostram-se menos eficazes e com maior frequência de efeitos colaterais em crianças pré-escolares. Avaliar, portanto, a efetividade de novos tratamentos para esta faixa etária é de grande relevância. Neurofeedback é uma alternativa não farmacológica para o tratamento de TDAH cuja eficácia tem sido largamente demonstrada nos últimos anos para crianças acima de 6 anos de idade. Entretanto, não há dados disponíveis na literatura a respeito do efeito para crianças menores de 6 anos. No neurofeedback, o computador incentiva o indivíduo a desencadear determinado padrão de ondas (EEG), como o aumento da proporção de ondas beta, associada a foco em tarefa, em relação a ondas teta, relacionadas ao torpor. Objetivos: Avaliar a exequibilidade e testar a eficácia do treinamento de neurofeedback para a modulação eletrofisiológica em pré-escolares com TDAH. Métodos: Será realizado um ensaio clínico aberto com 20 crianças de 4 anos a 5 anos e 11 meses com diagnóstico confirmado de TDAH pelo DSM-IV. Todas participarão do treinamento de neurofeedback voltado à regulação de ondas teta e beta, que será constituído de 20 sessões com aproximadamente 20 minutos cada. A avaliação será feita no início, no meio (após 10 sessões) e no final (após 20 sessões) do tratamento. Palavras-chave: crianças, neurofeedback, TDAH, pré-escolares.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.