Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos na atmosfera: estudo ab initio da interação entre impurezas e gelo

Processo: 12/10288-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Maurice de Koning
Beneficiário:Pedro Augusto Franco Pinheiro Moreira
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/16970-0 - Modelagem computacional da matéria condensada: uma abordagem em múltiplas escalas, AP.TEM
Assunto(s):Simulação de dinâmica molecular   Teoria do funcional da densidade   Propriedades mecânicas   Gelo

Resumo

O gelo, água em estado sólido, constituído por dois átomos de hidrogênios e um oxigênio é o material cristalino que compõe as nuvens na atmosfera terrestre. A presença de impurezas nos cristais de gelos das nuvens é fundamental para a dinâmica da atmosfera terrestre e de outros planetas. Além disso, para melhor compreender a mecânica das geleiras e, portanto, a deformação do gelo seria conveniente estudar os efeitos de substituições nas discordâncias do gelo. Entre as impurezas possíveis, pretende-se estudar cinco: ácido clorídrico (HCl), ácido fluorídrico (HF), ácido sulfídrico (H2S), óxido nitroso (N2O) e amônia (NH3). Eles são geralmente poluentes que afetam a dinâmica do clima terrestre e seria interessante entender como seu comportamento como defeitos substitucionais. Nossa proposta é que um estudo ab initio por DFT seja realizado. de Koning e coautores publicaram um estudo sobre estrutura e energias de defeitos pontuais, defeitos de Bjerrum, em gelo Ih. Pretendemos usar aqui uma metodologia semelhante. Empregar-se-á o pacote computacional VASP (Viena Ab-initio Simulation Package) usando a aproximação por gradiente generalizado de Perdew-Burke-Wang (1996) e uma abordagem de um projetor de ondas aumentado. Assim, poderíamos verificar os efeitos das substâncias absorvidas na superfície do gelo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.