Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do rebolo de óxido de alumínio branco na usinagem do aço VP50 utilizado na retificação cilíndrica, através de diferentes métodos de lubri-refrigeração

Processo: 12/13852-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Pesquisador responsável:Eduardo Carlos Bianchi
Beneficiário:Ighor Costa Barili
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Retificação

Resumo

A retificação é um processo de usinagem por abrasão, que tem como principal finalidade reduzir a rugosidade, dar exatidão na medida da superfície da peça, ou corrigir qualquer irregularidade da mesma. A ferramenta de corte utilizada no processo é o rebolo, cuja superfície é abrasiva, ou seja, apresenta-se constituída de grãos de óxido de alumínio, ou de carboneto de silício, entre outros. Há diversos tipos de rebolo produzidos no mercado atualmente, variando conforme tipo de material abrasivo, dureza, aglutinantes, porosidade (espaçamento entre os grãos abrasivos) e granulação.Desta forma,torna-se indispensável o conhecimento detalhado ,dentro da indústria,sobre o rebolo , para assim poder determinar qual é o melhor material a ser usinado com determinado rebolo,potencializando o processo de retificação.O uso do fluído de corte é essencial para manter a qualidade do processo, sendo também que a maneira de como este fluído é utilizado altera o resultado de acabamento da peça. Há 2 métodos de uso de fluído que serão utilizados para análise e obtenção de resultados da pesquisa: um dos métodos é o de mínima quantidade de lubrificante (MQL), que utiliza baixo fluxo de óleo a elevada pressão, diminuindo, pois, os resíduos finais do processo. Outro método, é a forma convencional, com fluido em abundância.O material a ser usinado é o aço VP50, desenvolvido especialmente para fabricação de moldes para conformação de polímeros termoplásticos. Por ser inoxidável, permite aplicação em processos corrosivos, como a conformação de polímeros clorados. É um aço de elevado grau de pureza, com boa usinabilidade, soldabilidade e alta resistência ao desgaste.O Rebolo a ser utilizado, será de óxido de alumínio branco de dureza média, com ligante (liga) vitrificado; sendo que 6 ensaios serão feitos ,com a variação do método de lubrificação e na velocidade de mergulho e espessura do cavaco entre eles.A análise dos resultados deverá ser feita através da avaliação das variáveis de saída do processo de retificação, tais como o comportamento de força tangencial de corte, rugosidade, emissão acústica, relação G (volume de material removido/volume de rebolo desgastado), microscopia óptica e microdureza.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KAMIRA MIKSZA FRAGOSO; DERIK RIOS UMBERTO; IGHOR COSTA BARILI; EDUARDO CARLOS BIANCHI; ROSEMAR BATISTA DA SILVA; PAULO ROBERTO AGUIAR; HAMILTON JOSE DE MELLO. Retificação cilíndrica do aço VP50 utilizando o rebolo de carbeto de silício verde com a técnica de MQL. MATERIA-RIO DE JANEIRO, v. 21, n. 3, p. -, Set. 2016.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.