Busca avançada
Ano de início
Entree

Raridade em serpentes: um estudo de caso com os viperídeos do novo mundo

Processo: 12/15398-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Paulo Inácio de Knegt López de Prado
Beneficiário:Irina Birskis Barros
Instituição Sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/22197-8 - Avaliação do estado de conservação dos viperídeos do Novo Mundo pela metodologia da IUCN, BE.EP.IC
Assunto(s):Herpetologia   Distribuição geográfica   Densidade populacional   Habitat   Serpentes   Relatos de casos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:abundância | Distribuição geográfica | Ecologia | habitat | Raridade | Serpentes | Herpetologia

Resumo

Com o objetivo de melhorar a eficiência dos esforços de conservação, é necessário compreender os fatores que resultam na vulnerabilidade das espécies à extinção. O conhecimento da distribuição geográfica das espécies, por exemplo, é um pré-requisito para priorizar esforços de conservação. A pesquisadora Deborah Rabinowitz propôs, na década de 1980, que a raridade de uma espécie podia ser descrita sob três aspectos: (1) sua distribuição geográfica, (2) seu grau de especificidade de habitat e (3) sua densidade populacional. Uma distribuição muito restrita, associada a uma alta especificidade de habitat e a baixas densidades, tornariam as espécies extremamente vulneráveis. Alguns estudos recentes têm mostrado que os padrões de raridade possuem uma forte correlação positiva com o risco de extinção estimado pelos métodos tradicionais. Portanto, o conhecimento dos padrões de raridade em um determinado grupo pode contribuir de maneira efetiva para a detecção das espécies mais vulneráveis à extinção, o que possibilitaria um melhor direcionamento dos esforços de conservação. Os objetivos do presente estudo são (I) explorar os padrões de raridade em um grupo monofilético de serpentes, os viperídeos do Novo Mundo, (II) comparar esses resultados com as avaliações de risco produzidas por métodos tradicionais (IUCN) e (III) identificar padrões geográficos na distribuição das espécies raras.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BIRSKIS-BARROS, IRINA; ALENCAR, LAURA R. V.; PRADO, PAULO I.; BOHM, MONIKA; MARTINS, MARCIO. Ecological and Conservation Correlates of Rarity in New World Pitvipers. DIVERSITY-BASEL, v. 11, n. 9, . (12/22197-8, 18/14091-1, 16/14292-1, 15/21259-8, 12/02038-2, 11/50206-9, 12/15398-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.