Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo genético de populações de soja com fonte de resistência ao nematóide de cisto (raça 3) oriundas de topocruzamentos tipo alimento x tipo grão

Processo: 12/15448-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Sandra Helena Unêda-Trevisoli
Beneficiário:Lilian Cristina Andrade de Araújo Teixeira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Glycine max

Resumo

A soja (Glycine max (L.) Merrill) é uma leguminosa de ciclo anual que apresenta distintas finalidades, dentre elas, uma crescente vertente relaciona-se ao uso na alimentação humana. Há demanda de cultivares de soja com esta destinação com resistência a patógenos e pragas. Em especial destaca-se o nematóide de cisto (Heterodera glycines) em soja (NCS) que causa expressiva perda na produtividade. Em virtude do exposto, o objetivo do presente trabalho será o estudo da herança da resistência ao NCS, bem como estimativa do número e modo de ação dos genes envolvidos a fim de contribuir no delineamento de cruzamentos, que envolvem os genitores em estudo, com maior possibilidade de acumular genes que conferem resistência à raça 3 do NCS. O experimento será desenvolvido em casa de vegetação climatizada pertencente ao Departamento de Produção Vegetal da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, UNESP-Jaboticabal, SP e na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, EPAMIG-Uberaba, MG. Serão utilizados genitores contrastantes sendo, resistência à raça 3 ('BRSMG 810C') e suscetíveis ('BRSMG 790A' e 'BRSMG 800A'), os quais apresentam fenótipo favorável para utilização na alimentação humana, originando duas populações para estudo. Após hibridação serão obtidas as gerações F1; RC1:1 e RC1:2. Estas gerações e a geração F2:3 serão utilizadas para estudo da herança da resistência, por meio da segregação do caráter. As avaliações de nematóide serão realizadas por meio da escala de SCHMITT & SHANNON (1992) e analisadas pelo teste de Qui-Quadrado (X2) para testar o ajuste ao modelo proposto para a herança. Serão estimados também a herdabilidade e componentes de variância para melhor compreensão da fitonematologia em questão.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TEIXEIRA, Lilian Cristina Andrade de Araújo. Estudo genético de populações de soja com fonte de resistência à Heterodera glycines (raça 3) oriundas de topocruzamentos do tipo alimento x tipo grão. 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.