Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de lesões ateroscleróticas por ultrassom e tomografia óptica

Processo: 12/15721-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Engenharia Médica
Pesquisador responsável:Sergio Shiguemi Furuie
Beneficiário:Matheus Cardoso Moraes
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aterosclerose   Diagnóstico por imagem   Processamento de imagens   Segmentação (processamento de imagem)   Ultrassonografia de intervenção   Tomografia de coerência óptica

Resumo

Aterosclerose é a causa da morte de milhões de pessoas anualmente no mundo, e gera bilhões em gastos, o maior dentre as enfermidades. Ela é dada pelo acúmulo de tecidos lipídicos, fibrosos, e calcificados na parede das coronárias, e pode causar infarto, ou morte cardíaca. As predominantemente lipídicas, são de alto risco e elasticidade, enquanto as calcificadas e as fibrosas são mais estáveis e menos elásticas, podendo ser tratadas com stents. Contudo, a inserção de stents pode também desencadear um novo crescimento da neo-intíma, causando uma re-estenose. O Ultrassom Intravascular (IVUS), e a Tomografia Óptica Coerente Intravascular (IOCT) são as modalidades de referência para o diagnóstico e acompanhamento dessas obstruções. Contudo, muita informação das modalidades mencionadas pode ser obtida de forma quantitativa, através de segmentação, e extração de características como textura. Adicionalmente, trabalhando essas imagens de forma dinâmica, podem-se extrair informações mecânicas. Essas informações adicionais, resultam em diagnósticos, planejamento de terapia, e acompanhamento de progressão mais precisos. Portanto, esse trabalho tem como objetivo fazer a combinação de métodos, como segmentação, extração de características, e reconstrução 3D, para auxiliar, e aumentar a precisão na caracterização de lesão aterosclerótica e estimativa do crescimento da neo-intima. Finalmente, a avaliação será feita com phantoms numéricos, físicos, e imagens reais, com suas respectivas histologias virtuais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDO MITSUYAMA CARDOSO; MATHEUS CARDOSO MORAES; SERGIO SHIGUEMI FURUIE. Realistic deformable 3D numeric phantom for transcutaneous ultrasound. Res. Biomed. Eng., v. 33, n. 1, p. 1-10, Mar. 2017.
MORAES, MATHEUS CARDOSO; CARDONA CARDENAS, DIEGO ARMANDO; FURUIE, SERGIO SHIGUEMI. Automatic lumen segmentation in IVOCT images using binary morphological reconstruction. BIOMEDICAL ENGINEERING ONLINE, v. 12, AUG 9 2013. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.