Busca avançada
Ano de início
Entree

Blend de ácidos orgânicos e ácidos graxos em dietas de suínos

Processo: 12/16562-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 20 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Maria Cristina Thomaz
Beneficiário:Marco Monteiro Lima
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Leitões   Intestinos   Carcaça   Qualidade da carne   Produção animal

Resumo

Resumo: O projeto objetivará avaliar os efeitos da utilização de um blend, composto por ácidos orgânicos e ácidos graxos de cadeia média, na dieta de suínos, por meio de dois experimentos. No experimento I serão avaliados o desempenho, o tempo de trânsito, a incidência de diarreia, os pesos dos órgãos do sistema digestório, o pH e a viscosidade dos conteúdos do estômago, intestino delgado e ceco, a concentração de ácidos graxos de cadeia curta no ceco, as características morfofisiológicas e microbiológicas do trato digestório e digestibilidade das dietas. Serão utilizados 96 leitões dos 21 aos 63 dias de idade, alimentados com dietas compostas principalmente por milho e farelo de soja, adicionando-se 0, 1,5, 3,0 e 4,5% do blend. Os animais serão distribuídos no delineamento em blocos casualizados, com 4 tratamentos, 8 repetições e 3 animais por unidade experimental. No experimento II serão avaliados o desempenho, as concentrações de ácidos graxos de cadeia curta no ceco, os pesos dos órgãos do sistema digestório, digestibilidade das dietas, as características das carcaças e a qualidade da carne. Neste experimento serão utilizados 36 animais, dos 65 aos 150 dias de idade, alimentados com dietas compostas principalmente por milho e farelo de soja, adicionando-se 0, 1,5, 3,0 e 4,5% do blend. Os animais serão distribuídos no delineamento em blocos casualizados, com 4 tratamentos, 9 repetições e 1 animal por unidade experimental. Para análise, os dados serão submetidos à análise de variância, utilizando-se o procedimento GLM (General Linear Models) no programa estatístico SAS modelo 9.2, sendo os graus de liberdade desdobrados em efeitos linear, quadrático e cúbico.