Busca avançada
Ano de início
Entree

"produção dè enzimas fibrolíticas pôr fungos filamentosos Èm biorreator dè leito fixo e comparação dás escalas dè produção"

Processo: 12/17371-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Aline Zorzetto Lopes Gonçalves Prado
Beneficiário:Juliana Alves Piccoli
Empresa:Bellman Nutrição Animal Ltda
Vinculado ao auxílio:10/50278-7 - Produção de enzimas despolimerizantes de fibra vegetal por fermentação em estado sólido em biorreator de leito fixo, AP.PIPE
Assunto(s):Reatores biológicos   Fungos filamentosos

Resumo

Os microrganismos são as principais fontes de enzimas industriais devido à grande variedade de atividades catalíticas, à possibilidade da produção das enzimas por processos fermentativos em grande escala com a regularidade necessária e à simplicidade dos requerimentos nutricionais. Os processos microbianos de produção de enzimas ocorrem basicamente em cultivos submersos e cultivos no estado sólido, sendo os primeiros os mais utilizados industrialmente. A fermentação em estado sólido apresenta uma série de vantagens em relação à submersa dentre as quais estão: simplicidade dos meios de cultivo e aproveitamento de resíduos agroindustriais e florestais; reduzido consumo de energia; baixo grau de umidade, reduzindo os problemas de contaminação; maiores concentrações de enzima em relação à fermentação submersa; ausência de formação de espuma; pequenas quantidades de águas residuais. No entanto, as desvantagens encontradas nesse processo são os problemas de transferência de massa (oxigênio e nutrientes), calor e quantidade de movimento, dificuldades de controle de variáveis físico-químicas (pH, temperatura e grau de mistura) e dificuldades de aumento de escala. A transposição dos estudos em escalas de frascos para a escala de biorreatores não é trivial, uma vez que as condições dinâmicas encontradas em tais equipamentos diferem significativamente daquelas encontradas nos frascos. Assim, estudos que acoplem ambas as etapas são fundamentais para que os resultados obtidos sejam passíveis de terem aplicações industriais. O bolsista atuará no projeto na construção de biorrreatores para fermentação em estado sólido e nos ajustes da condições de operação dos equipamentos.