Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de RNA de interferência para estudo de padrões de expressão e efeitos fenotípicos de genes envolvidos com reprodução em moscas-das-frutas do grupo fraterculus

Processo: 12/07892-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Reinaldo Otávio Alvarenga Alves de Brito
Beneficiário:Aline Minali Nakamura
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Interferência de RNA   Inativação gênica   Tephritidae   Transcriptoma   Controle genético   Evolução molecular

Resumo

A maioria das espécies do gênero Anastrepha é endêmica à região neotropical e diversas têm importância econômica por causar grandes prejuízos às culturas de frutos. Isso ocorre não só no Brasil, onde Anastrepha fraterculus e A. obliqua são das principais pragas, mas em toda a área de ocorrência do gênero. O Brasil, apesar de ser um dos maiores produtores mundiais de frutos in natura, tem baixa inserção no mercado internacional devido às barreiras fitossanitárias que forçam o aprimoramento das técnicas de controle. Ao mesmo tempo, há uma grande exigência por produtos de qualidade e sem resíduos de agrotóxicos. Sendo assim, uma das alternativas para o controle de insetos-praga é a Técnica do Inseto Estéril (SIT), chamado de controle genético, que reduz a população da praga pela liberação em massa de insetos estéreis. Porém, a esterilização por radiação, como inicialmente foi proposto, traz muitos efeitos colaterais, diminuindo a competitividade dos machos liberados em relação aos machos selvagens. Por esse motivo, diferentes estratégias têm sido utilizadas como a produção de indivíduos transgênicos visando não só a esterilidade como também o aumento do vigor apresentado por esses machos em relação aos selvagens. Neste trabalho selecionaremos três genes isolados de bibliotecas de cDNA produzidas em nosso laboratório que serão silenciados através da técnica de RNA de interferência em moscas das espécies A. obliqua e A. fraterculus. Buscaremos por genes que tem potencial de estar sujeitos à seleção sexual o que pode acarretar na preferência de fêmeas por portadores de certos variantes. Proteínas do fluído seminal, genes da espermatogênese e genes envolvidos na identificação de odores têm sido relacionados a processos de isolamento reprodutivo e preferências reprodutivas. Assim, nossa escolha em genes de tecidos reprodutivos e olfatórios traz um grande potencial para a identificação de genes úteis para a estratégia de SIT por afetarem aspectos importantes do valor adaptativo das moscas, como preferências reprodutivas, viabilidade da progênie e isolamento reprodutivo.