Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo ontogenético da redução floral em Euphorbiaceae e das estruturas secretoras associadas: anatomia e evolução

Processo: 12/09755-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Diego Demarco
Beneficiário:Karina Bertechine Gagliardi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Histoquímica   Floração   Anatomia vegetal   Euphorbiaceae

Resumo

A classificação de Euphorbiaceae é muito discutida entre diversos autores e atualmente esta família é representada por cerca de 300 gêneros e 6000 espécies, caracterizando-se por apresentar flores morfologicamente variadas, sendo esta uma das principais razões para as divergências em sua classificação. Euphorbiaceae tem seus representantes divididos em quatro subfamílias, sendo as espécies selecionadas para este trabalho pertencentes a três delas: Pera glabrata Poepp. ex Baill., Dalechampia ficifolia Lam. (Acalyphoideae), Jatropha curcas L. (Crotonoideae) e Euphorbia caecorum Mart. ex Boiss. (Euphorbioideae). Estruturas secretoras diversas são encontradas nesse grupo e as espécies são polinizadas principalmente por insetos, pássaros, morcegos e outros mamíferos. Considerando as alterações evolutivas das flores e de suas glândulas, o objetivo deste trabalho é analisar os diferentes graus de redução floral, com ênfase na atividade dos meristemas juntamente com os fatores ontogenéticos que levaram a supressão de verticilos e culminaram no surgimento dos ciátios e dos diferentes tipos de estruturas secretoras, além de analisar a composição de seus exsudatos. Com esse intuito, botões florais e flores em diversos estágios de desenvolvimento serão coletados em diferentes localidades dos Estados de São Paulo e Minas Gerais e as espécies identificadas por especialista. O material será fixado, desidratado em série alcoólica, incluído em parafina, seccionado em micrótomo rotativo e as lâminas coradas segundo técnicas convencionais. Testes histoquímicos para detectar a composição dos exsudatos também serão realizados e a ontogênese floral será analisada através de microscopia de luz e MEV. O conhecimento morfoanatômico de órgãos reprodutivos, estruturas secretoras e o desenvolvimento floral fornecem subsídios para a compreensão da evolução dos grupos vegetais, incluindo as relações filogenéticas entre eles.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GAGLIARDI, KARINA BERTECHINE; CORDEIRO, INES; DEMARCO, DIEGO. Structure and development of flowers and inflorescences in Peraceae and Euphorbiaceae and the evolution of pseudanthia in Malpighiales. PLoS One, v. 13, n. 10 OCT 3 2018. Citações Web of Science: 1.
GAGLIARDI, KARINA BERTECHINE; CORDEIRO, INES; DEMARCO, DIEGO. Protection and attraction: bracts and secretory structures in reduced inflorescences of Malpighiales. FLORA, v. 220, p. 52-62, 2016. Citações Web of Science: 8.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GAGLIARDI, Karina Bertechine. Estudo ontogenético da redução floral em Euphorbiaceae e das estruturas secretoras associadas: anatomia e evolução. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.