Busca avançada
Ano de início
Entree

Especiação em zonas híbridas na Mata Atlântica: um estudo em uma zona de contato entre linhagens de Synallaxis ruficapilla e S. whitneyi (Aves, Furnariidae)

Processo: 12/10796-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Cristina Yumi Miyaki
Beneficiário:Henrique Batalha Filho
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Filogeografia   Biodiversidade   Diversificação   Especiação genética   Hibridização genética   Mata Atlântica

Resumo

Zonas híbridas são consideradas como "laboratórios naturais para estudos de biologia evolutiva". A compreensão dos mecanismos que mantêm as frequências de caracteres genotípicos e fenotípicos ao longo das zonas híbridas é importante para elucidar fatores cruciais envolvidos no processo de especiação, tais como estabilidade e largura das zonas híbridas, e ainda permitem entender o papel das barreiras de isolamento no processo evolutivo. Recentemente estudos que buscam compreender a diversificação de organismos dentro da Mata Atlântica identificaram algumas zonas de contato secundário. Contudo, estudos detalhados nestas zonas de contato ainda são escassos. No presente estudo será realizada a análise de uma zona híbrida na Mata Atlântica entre linhagens de S. ruficapilla e S. whitneyi. Para isto combinaremos dados genéticos (1 gene mitocondrial, 3 genes ligados ao Z e 5 genes autossômicos) e dados fenotípicos (caracteres vocais) para estudar a dinâmica do processo de especiação nessa zona híbrida. Ainda, compararemos se existe diferença na largura da zona híbrida estimada baseada nos dados dos diferentes genes e da vocalização, a fim de inferir sobre diferenças de nível de pressão seletiva ou da história demográfica nestes caracteres. Os resultados deste trabalho contribuirão para o entendimento da dinâmica dos processos de especiação na Mata Atlântica e do papel da hibridização presente nas zonas contato secundário deste bioma.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)