Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade de anfíbios anuros na Mata Atlântica: origem, manutenção e conservação

Processo: 12/17220-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Célio Fernando Baptista Haddad
Beneficiário:Célio Fernando Baptista Haddad
Anfitrião: Kelly Raquel Zamudio
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa : Cornell University, Estados Unidos  
Assunto(s):Zoologia (classificação)   Anfíbios   Anura

Resumo

O projeto contempla um conjunto de objetivos a serem alcançados com anfíbios anuros na Mata Atlântica em colaboração com uma colega da Universidade de Cornell e com grande participação de estudantes de mestrado e doutorado. Os objetivos principais pretendidos nesta proposta são: 1) analisar o DNA de algumas espécies de anfíbios anuros de diversas localidades de Mata Atlântica; 2) levantar dados sobre incidência e prevalência do fungo Batrachochytrium dendrobatidis (Bd), um patógeno que pode constituir uma séria ameaça à alta diversidade de anuros do Brasil; 3) utilizar espécies alvo em estudos que abrangem biogeografia, filogeografia comparativa e estrutura genética populacional, para o melhor entendimento dos processos evolutivos na Mata Atlântica e 4) analisar a osteologia de algumas espécies por meio da técnica de micro tomografia computadorizada, para a obtenção de dados a serem usados em taxonomia e sistemática. Um dos fatores limitantes na conservação das espécies é a falta de informações sobre a taxonomia, biologia básica, história e diversidade nas populações de espécies potencialmente ameaçadas ou em perigo. Este estudo examinará desde as questões básicas de taxonomia até as forças evolutivas que levam a diferenciação entre populações de anfíbios da Mata Atlântica e quantificará como esta diferenciação genética está distribuída em uma paisagem fragmentada. Estas informações são importantes para a priorização e gestão de fragmentos remanescentes da Mata Atlântica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
O inimigo ao lado 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUEZ, D.; BECKER, C. G.; PUPIN, N. C.; HADDAD, C. F. B.; ZAMUDIO, K. R. Long-term endemism of two highly divergent lineages of the amphibian-killing fungus in the Atlantic Forest of Brazil. Molecular Ecology, v. 23, n. 4, p. 774-787, FEB 2014. Citações Web of Science: 57.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.