Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de custos do transtorno obsessivo-compulsivo e outros transtornos mentais na infância

Processo: 12/09246-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Beneficiário:Daniel Graça Fatori de Sá
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57896-8 - O Instituto Nacional da Psiquiatria do Desenvolvimento: uma nova abordagem para a psiquiatria tendo como foco as nossas crianças e o seu futuro, AP.TEM
Assunto(s):Economia da saúde   Psicopatologia   Epidemiologia   Transtorno obsessivo-compulsivo   Infância

Resumo

INTRODUÇÃO: Dados acerca do custo do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e outros transtornos mentais na infância são úteis para o planejamento do sistema de saúde e redes adjacentes. No entanto, não há dados de custo-de-doença na área da saúde mental na infância no Brasil. OBJETIVOS: Estimar e comparar os custos gerados por crianças com diagnóstico de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e com sintomas obsessivos e/ou compulsivos, mas sem o diagnóstico de TOC assim como os custos gerados por crianças com outros diagnósticos de transtornos psiquiátricos e por crianças com sintomas, mas sem diagnóstico psiquiátrico. MÉTODO: 2512 crianças na faixa etária de 6 a 12 anos de escolas de Porto Alegre e São Paulo foram selecionados por meio de um levantamento de 9937 crianças. Duas técnicas de seleção amostral foram utilizadas: seleção aleatória de crianças matriculadas nas escolas das cidades e seleção de crianças com alto risco para desenvolvimento de transtornos mentais (histórico psiquiátrico familiar). Instrumentos: avaliação de transtornos mentais na infância: Development and Well Being Assesment (DAWBA); Levantamento de perfil sociodemografico, uso de serviços de saúde e outras variáveis: foi utilizado um amplo questionário desenvolvido especificamente para o estudo por pesquisadores experientes na área da epidemiologia. Variáveis associadas ao custo-de-doença que serão analisadas: tratamento para o transtorno mental, atendimento para problemas escolares, serviço social/abrigo/conselho tutelar/promotoria ou juizado, expulsão e suspensão da escola/evasão escolar/repetência escolar, benefícios, acidentes, desemprego dos pais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FATORI, DANIEL; SALUM, GIOVANNI; ITRIA, ALEXANDER; PAN, PEDRO; ALVARENGA, PEDRO; ROHDE, LUIS AUGUSTO; BRESSAN, RODRIGO; GADELHA, ARY; MARI, JAIR DE JESUS; DO ROSARIO, MARIA CONCEICAO; MANFRO, GISELE; POLANCZYK, GUILHERME; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; GRAEFF-MARTINS, ANA SOLEDADE. The economic impact of subthreshold and clinical childhood mental disorders. JOURNAL OF MENTAL HEALTH, v. 27, n. 6, p. 588-594, NOV 2 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SÁ, Daniel Graça Fatori de. Custo econômico e social do transtorno obsessivo-compulsivo e outros transtornos mentais na infância. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.