Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade antimicrobiana, antibiofilme e citotóxica de solução de nanopartículas de prata e farnesol para desinfecção de canais radiculares

Processo: 12/11362-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Juliane Maria Guerreiro Tanomaru
Beneficiário:Gisselle Moraima Chávez Andrade
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Anti-infecciosos   Citotoxicidade

Resumo

A prata (Ag) é conhecida por apresentar ação antimicrobiana sendo utilizada em compostos para o tratamento de queimaduras, feridas e infecções oculares. Com o avanço da nanotecnologia, foram desenvolvidos nanomateriais tais como as nanopartículas de Ag (NPsAg), utilizados como agentes terapêuticos para prevenir a colonização bacteriana sobre dispositivos médicos, tais como cateteres e próteses ortopédicas, recentemente tem sido avaliadas em pesquisas na área da Odontologia. Farnesol é um álcool sesquiterpênico naturalmente encontrado em própolis e em óleos essenciais de frutas cítricas, apresenta atividade antitumoral, antimicrobiana e antibiofilme. O objetivo do presente estudo será avaliar as propriedades antimicrobianas, antibiofilme e citotóxicas de solução de NPsAg e farnesol para serem utilizadas na irrigação final de canais radiculares. Será avaliada inicialmente a atividade antimicrobiana da solução de NPsAg (5-10 nm) e farnesol em diferentes concentrações sobre C. albicans e E. faecalis, por meio da determinação da concentração inibitória mínima (CIM) e da concentração microbicida mínima (CMM). Para realização desta primeira etapa foi realizado treinamento laboratorial e determinação de metodologias por meio de testes pilotos. Foram realizadas avaliações iniciais sobre a atividade antimicrobiana do material proposto inicialmente (solução de NPsAg), porém o mesmo não vem demonstrando resultados satisfatórios. Tendo em vista os resultados iniciais do estudo piloto, estamos propondo a inclusão neste estudo do farnesol. Estudos pilotos com o farnesol demonstrou atividade antimicrobiana em teste de CIM. Para avaliar a eficácia antibiofilme residual serão utilizados blocos de dentina bovina divididos em três grupos: GI- tratamento com NPsAg, GII- tratamento com farnesol e GIII- sem tratamento. As concentrações a serem utilizadas nesta segunda etapa serão determinadas por meio das determinações das CMM. Após o tratamento da dentina radicular com NPsAg e farnesol por 24 horas, os espécimes serão inoculados com E. faecalis e incubados por mais 24 horas a 37°C em microaerofilia. A análise será feita por meio de microscopia confocal de varredura a laser e pela contagem de UFC mL-1. Para avaliar a citotoxicidade em cultura de células mPDL, serão realizados os ensaios de MTT e Cometa, a fim de avaliar a viabilidade celular e genotoxicidade, respectivamente, após contato com as diferentes concentrações da solução de NPsAg e farnesol em diferentes períodos. Para avaliar a efetividade na desinfecção do sistema de canais radiculares das soluções de NPsAg e farnesol serão utilizadas as concentrações obtidas na determinação da CMM e que não apresentaram citotoxicidade, como solução irrigadora na etapa final do preparo biomecânico em dentes humanos contaminados com E. faecalis. Os espécimes serão divididos em 5 grupos experimentais: G1- NaOCl a 2,5% + EDTA + solução salina (SS), G2- NaOCl a 2,5% + EDTA + SS + NPsAg, G3- NaOCl a 2,5% + EDTA + SS + farnesol, G4- SS + NPsAg, G5- SS + farnesol e dois grupos controles (G6- sem irrigação e G7- meio de cultura estéril). Após coletas, diluições decimais seriadas e semeadura, será determinado o número de UFC mL-1. Os dados obtidos serão analisados estatisticamente por meio dos testes apropriados e segundo análise de normalidade. A proposta é continuar com os testes utilizando a nanopartícula de prata, porém acrescentar ao projeto de pesquisa as mesmas avaliações propostas inicialmente para a nova solução teste (farnesol).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHAVEZ-ANDRADE, GISSELLE M.; TANOMARU-FILHO, MARIO; RODRIGUES, ELISANDRA M.; GOMES-CORNELIO, ANA LIVIA; FARIA, GISELE; BERNARDI, MARIA INES B.; GUERREIRO-TANOMARU, JULIANE M. Cytotoxicity, genotoxicity and antibacterial activity of poly(vinyl alcohol)-coated silver nanoparticles and farnesol as irrigating solutions. ARCHIVES OF ORAL BIOLOGY, v. 84, p. 89-93, DEC 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.