Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de dificuldades musicais em percepção e produção na memória operacional para melodias

Processo: 12/13973-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Cognitiva
Pesquisador responsável:Maria Gabriela Menezes de Oliveira
Beneficiário:Mariana Elisa Benassi Werke
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/01181-9 - Discussão e aprimoramento da musical Skills Battery: estágio de pesquisa no exterior referente ao projeto de pós-doutorado Influência de Dificuldades Musicais em Percepção e Produção na Memória Operacional para Melodias (nº 2012/13973-4), BE.EP.PD
Assunto(s):Percepção sonora   Música

Resumo

Em trabalhos anteriores desenvolvemos um teste de memória que mede a capacidade da memória de curto prazo e da memória operacional para melodias: o teste de amplitude melódica. Nesse teste o participante ouve sequências crescentes de notas e deve repeti-las cantando na mesma ordem ou na ordem inversa a apresentação (semelhante ao Digit Span Test). Com o desenvolvimento desse teste, observamos que uma avaliação mais ampla das habilidades de percepção e produção vocal poderia trazer respostas sobre quanto o desempenho no teste de recordação pode ser afetado por essas habilidades e permitiriam que o teste de amplitude também fosse aplicado em sujeitos com menor grau de afinação. Portanto, um dos objetivos deste projeto é inserir testes mais elaborados de habilidades musicais de percepção e produção vocal, e levar essas medidas em consideração na análise do desempenho no teste de amplitude melódica. Adicionalmente, o projeto pretende descrever o comportamento dessas habilidades musicais em participantes brasileiros, contribuindo para a pesquisa na área de Cognição Musical, ainda escassa no Brasil. Serão aplicados como testes de percepção e produção vocal a Montreal Battery of Evaluation of Amusia, desenvolvida por Peretz et al. (2003), e a Musical Skills Battery, desenvolvida por Wise (2009), além do Teste de Amplitude Melódica (Benassi-Werke et al., 2010, 2012). Para verificar a influência de cada habilidade de produção, percepção e memória no desempenho no teste de amplitude melódica, utilizaremos uma análise fatorial. Realizaremos também análises descritivas dos desempenhos dos testes, abrindo possibilidades para se realizar comparações com populações de outras culturas. (AU)