Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de tratamentos estabilizadores pós-secagem convencional visando a redução do potencial higroscópico da madeira

Processo: 12/15581-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Pesquisador responsável:Ivaldo Pontes Jankowsky
Beneficiário:Saly Takeshita
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/12922-2 - Determinação da relação água-madeira e difusividade de massa após tratamentos estabilizadores, BE.EP.DR
Assunto(s):Tratamento térmico   Secagem da madeira   Adsorção (química)   Madeira

Resumo

Na atualidade, uma das preocupações da sociedade é a busca de materiais sustentáveis e que não agridam o meio ambiente. Dentre as inúmeras alternativas existentes, o material madeira destaca-se por se tratar de uma fonte natural e é um recurso renovável, reciclável e reutilizável. Entretanto, aspectos relacionados à falta de conhecimento técnico e a correta maneira de empregar o produto madeira acabam prejudicando e, por vezes, até impossibilitando o uso mais intenso desse material em nosso país. A madeira está sujeita às variações climáticas do local ao qual está exposta e, consequentemente, manifesta-se o fenômeno da variação dimensional e a possibilidade de deformações; resultando em defeitos quando em uso. Para amenizar este efeito, a madeira passa por processos de secagem artificial, os quais, porém, não conseguem eliminar todo o efeito do seu potencial higroscópico; justificando a possibilidade da aplicação de tratamentos estabilizadores adicionais que possam contribuir para a redução dos sítios de sorção. Sendo assim, a presente pesquisa terá como objetivo geral a melhoria da estabilidade dimensional da madeira de folhosas a partir da aplicação de tratamentos estabilizadores adicionais à secagem convencional. Após os tratamentos as amostras de madeira serão condicionadas em caixas climáticas para avaliar o comportamento de dessorção e adsorção de umidade. Também, será realizada a caracterização anatômica e composição química das amostras submetidas aos tratamentos térmicos. Espera-se, como resultado, identificar as modificações estruturais da madeira e entender a inter-relação com o potencial higroscópico do material; obtendo madeiras dimensionalmente mais estáveis. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TAKESHITA, Saly. Aplicação de tratamentos estabilizadores pós-secagem convencional visando a redução do potencial higroscópico da madeira. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.