Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de diferentes variáveis na cura de compósitos de resina epóxi e nanotubos de carbono

Processo: 12/15930-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 01 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Gilmar Patrocínio Thim
Beneficiário:Luciana de Simone Cividanes Coppio
Instituição-sede: Divisão de Ciências Fundamentais (IEF). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Ministério da Defesa (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Reologia   Nanocompósitos   Nanotubos de carbono   Cura

Resumo

Recentemente, nanotubos de carbono (CNTs), em especial os funcionalizados, têm sido adicionados em matrizes epóxi devido às suas extraordinárias propriedades mecânicas, elétricas e térmicas. A incorporação dos nanotubos de carbono à resina epóxi, como reforço, pode melhorar as propriedades da resina, mas também modifica seu processo de cura. O estudo da cura de polímeros é muito importante, pois ela afeta as propriedades finais do compósito. A literatura apresenta informações controversas sobre a influência de CNTs, funcionalizados ou não, na cura da resina epóxi. Além disso, há variáveis que influenciam a cura desses compósitos que ainda não foram estudadas. Desta forma, o objetivo deste projeto é estudar, sistematicamente, a influência de quatro variáveis de processo na cura dos compósitos CNT/resina epóxi: tipo de purificação, tipo de funcionalização, intensidade de tratamento de ultrassom e influência da homogeneidade dos compósitos. A maior parte dos trabalhos da literatura que estudou a cura destes compósitos utilizou o DSC. A reologia não é muito utilizada, apesar de ser uma técnica muito sensível e capaz de fornecer dados de cura que o DSC não fornece. Assim, o estudo da cura será realizado utilizando as técnicas de reologia e DSC. As duas técnicas irão fornecer informações complementares e importantes sobre a influência das variáveis estudadas na cura dos compósitos. As propriedades viscoelásticas finais, assim como a homogeneidade final dos compósitos, também serão estudadas. A correlação entre estas informações permitirá estudar melhor a interação CNT/resina, além de esclarecer como diferentes variáveis de processo podem modificar a cura desses compósitos.