Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do cultivo em estado sólido de Rhizopus microsporus var. oligosporus para produção, caracterização e aplicação de amilases na obtenção de xarope de glicose

Processo: 12/16651-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Pedro de Oliva Neto
Beneficiário:Bruna Escaramboni
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Glicose   Amilases   Resíduos agroindustriais

Resumo

A biotecnologia oferece inúmeras alternativas na busca por tecnologias que utilizem os resíduos agroindustriais como matéria-prima para a obtenção de diversas biomoléculas. A necessidade da substituição de catálise por biocatálise impulsiona a produção de enzimas que pode ser feita utilizando estes resíduos, o que torna o processo mais econômico e contribui para a redução do impacto ambiental. As amilases pertencem à classe das hidrolases e constituem um dos principais grupos de enzimas industriais pelo seu amplo espectro de aplicações como nas indústrias de alimentos, detergentes e produtos de limpeza, papel e celulose, têxteis, química e farmacêutica, de análises clínicas, entre outras. A fermentação em estado sólido (FES) representa uma importante alternativa à fermentação submersa (FSm), uma vez que utiliza substratos de baixo custo, garante economia de água e energia e o biocatalisador pode ser produzido de forma mais concentrada, facilitando a sua recuperação. O presente trabalho visa melhorar a tecnologia de produção de amilases através do cultivo de Rhizopus microsporus var. oligosporus em FES tendo como substrato o farelo de trigo, variando-se a complementação com sais, umidade, temperatura e tempo. Será realizada a concentração do extrato enzimático com sulfato de amônio e determinada a melhor condição para atividade e estabilidade da amilase em diferentes pHs e temperaturas. A enzima obtida será usada na obtenção de xarope de glicose a partir de farinha e farelo de trigo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ESCARAMBONI, BRUNA; FERNANDEZ NUNEZ, EUTIMIO GUSTAVO; AZEVEDO CARVALHO, ANA FLAVIA; DE OLIVA NETO, PEDRO. Ethanol biosynthesis by fast hydrolysis of cassava bagasse using fungal amylases produced in optimized conditions. INDUSTRIAL CROPS AND PRODUCTS, v. 112, p. 368-377, FEB 2018. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ESCARAMBONI, Bruna. Produção de amilases pelo cultivo em estado sólido de Rhizopus microsporus var. oligosporus e sua utilização na obtenção de xarope de glicose. 2014. 61 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

PROCESSO PARA OBTENÇÃO DE XAROPE DE GLICOSE VIA HIDRÓLISE POR EXTRATO AMILOLÍTICO BR1020140315918 - Universidade Estadual Paulista (UNESP) . Bruna Escaramboni; Pedro de Oliva Neto - 17 de dezembro de 2014