Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de polimorfismos em genes relacionados ao sistema de Reparo de DNA na suscetibilidade ao carcinoma de células escamos de orofaringe

Processo: 12/18623-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Carmen Silvia Passos Lima
Beneficiário:Erika Stocco dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Orofaringe   Reparo   Oncologia

Resumo

O carcinoma de células escamosas (CEC) de orofaringe (ORFA) é um grave problema de saúde mundial. Já é bem conhecido que indivíduos com os hábitos de fumar e ingerir bebidas alcoólicas por longos anos têm maior probabilidade de desenvolver o CEC de ORFA. Existem genes que desempenham papel importante na regulação de vias que controlam as respostas celulares aos danos ao DNA causados pelas espécies reativas de oxigênio formadas pela combustão do tabaco e pela ingestão do álcool, além disso, esses genes são polimórficos em humanos. Entretanto, são pouco conhecidos os papéis dos polimorfismos c.977C>G do gene OGG1, c.444T>G do gene APEX1, e c.580C>T, c.839G>A, c.1196A>G e c.-77C>T do gene XRCC1, relacionados com o sistema de reparo de DNA por excisão de bases, na ocorrência do CEC de ORFA, bem como em suas manifestações clínicas. Frente ao exposto, esses constituíram os objetivos do presente estudo. Serão avaliados 200 pacientes com CEC de ORFA e 200 controles, pareados aos pacientes por idade, sexo e cor da pele, atendidos no Ambulatório de Oncologia Clínica do Hospital de Clínicas da UNICAMP. As informações clínicas serão obtidas dos prontuários dos pacientes pelo pesquisador responsável pelo estudo. As genotipagens serão realizadas por meio da reação em cadeia da polimerase e digestão enzimática. O significado estatístico das diferenças entre grupos será calculado por meio do teste da probabilidade exata de Fisher ou qui-quadrado e pela regressão logística múltipla. As determinações dos riscos de ocorrência do CEC de ORFA, a que pacientes e controles foram submetidos, serão obtidas por meio das razões das chances (ORs) e calculadas considerando um intervalo de confiança de 95%. Acreditamos que os resultados deste estudo poderão contribuir para o melhor entendimento da etiologia e fisiopatologia do CEC de ORFA e, para a identificação de grupo de indivíduos com alto risco para a doença, que mereçam receber atenção especial para sua prevenção e diagnóstico precoce.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DIAS COSTA, ERICKA FRANCISLAINE; SANTOS, ERIKA STOCCO; LIUTTI, VITOR TEIXEIRA; LEAL, FREDERICO; ANTUNES SANTOS, VIVIAN CASTRO; RINCK-JUNIOR, JOSE AUGUSTO; VIVIANE MARIANO, FERNANDA; MALHEIROS COUTINHO-CAMILLO, CLAUDIA; ALTEMANI, ALBINA; PASSOS LIMA, CARMEN SILVIA; LOURENCO, GUSTAVO JACOB. Association between polymorphisms in genes related to DNA base-excision repair with risk and prognosis of oropharyngeal squamous cell carcinoma. JOURNAL OF CANCER RESEARCH AND CLINICAL ONCOLOGY, v. 142, n. 9, p. 1917-1926, SEP 2016. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.