Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores interferentes na qualidade de vida em saúde bucal

Processo: 12/18523-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 02 de setembro de 2013
Vigência (Término): 01 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Juliana Alvares Duarte Bonini Campos
Beneficiário:Miriane Lucindo Zucoloto
Supervisor no Exterior: João Maroco
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), Portugal  
Vinculado à bolsa:12/01590-3 - Contribuição dos impactos na saúde bucal e de variáveis sociodemográficas e clínicas na qualidade de vida relacionada à saúde, BP.MS
Assunto(s):Reabilitação bucal   Prótese dentária   Dor facial   Qualidade de vida

Resumo

Verificar as qualidades psicométricas de instrumentos de Qualidade de Vida (QV) e dor orofacial quando aplicados a pacientes odontológicos e avaliar a contribuição das variáveis sócio demográficas, qualidade de vida geral e dor orofacial na qualidade de vida em saúde bucal. Métodos: Participarão 1.000 pacientes adultos que buscarem atendimento odontológico na Faculdade de Odontologia de Araraquara - UNESP, nos anos de 2012 e 2013. Serão coletadas informações sócio demográficas, clínicas, sobre a qualidade de vida geral, bucal e dor orofacial. Como instrumentos de medida serão utilizados os questionários Short-form 36 health survey (SF-36), Oral health impact profile - 49 (OHIP-49), e o Inventário Multidimensional de dor (MPI). A confiabilidade dos instrumentos será estimada por meio do Coeficiente alfa de Cronbach (a). Serão estimadas a validade de face, conteúdo, construto e de critério. Para a de construto serão estimadas as validades fatorial, convergente e discriminante e para a de critério as validades concorrente e divergente. Será conduzida análise fatorial confirmatória utilizando o c2/df, CFI, GFI e o RMSEA. A validade convergente será estimada pela variância extraída média (VEM) e pela confiabilidade composta (CC). As validades discriminante, concorrente e divergente serão avaliadas por meio de análise correlacional. O relacionamento entre as variáveis de interesse será estudado por modelagem de equações estruturais onde a qualidade de vida em saúde bucal será o construto central. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZUCOLOTO, MIRIANE LUCINDO; MAROCO, JOAO; DUARTE BONINI CAMPOS, JULIANA ALVARES. Psychometric Properties of the Multidimensional Pain Inventory Applied to Brazilian Patients with Orofacial Pain. JOURNAL OF ORAL & FACIAL PAIN AND HEADACHE, v. 29, n. 4, p. 363-369, 2015. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.