Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão gênica de fatores de virulência de isolados clínicos de Fusobacteriun nucletaum

Processo: 12/07364-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Flaviana Bombarda de Andrade
Beneficiário:Raquel Zanin Midena
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Fatores de virulência   Microbiologia   Fusobacterium nucleatum   Biofilmes   Anaerobiose

Resumo

Sabe-se que a microbiota endodôntica é preferencialmente anaeróbia, devido às condições deste nicho e dos nutrientes disponíveis, sendo estes micro-organismos na sua maioria proteolíticos. Fatores de adesão propiciam sua instalação nas paredes do canal radicular, constituindo biofilmes, assim como proliferação dentro dos túbulos dentinários. Os micro-organismos constituintes de biofilmes trocam material genético, aumentando a resistência dos mesmos e é quase impossível um isolado clínico ter os genes totalmente iguais à cepa padrão de coleções de cultura como da ATCC (American Type Culture Colection). O presente estudo objetiva investigar a espécie bacteriana anaeróbia Fusobacterium nucleatum isolada de canais radiculares, comparando-a com sua cepa ATCC. Será feito a comparação da suscetibilidade microbiana in vitro por meio de cultura microbiológica pelo método do E-test e também teste de suscetibilidade microbiana em biofilme. Será também investigada a expressão de genes de virulência na sua forma planctônica e em biofilme. Os isolados clínicos serão adquiridos por meio da cultura microbiológica, isolamento e identificação por série bioquímica com testes comerciais (Sistema Api, Bio-Meriéux, França). Estes genes específicos serão avaliados quanto à sua expressão através da técnica de PCR em tempo real (qPCR), ou seja, a maior ou menor produção dos fatores de adesão e resistência, estando as bactérias produtoras na forma planctônica ou de biofilme, de ATCC ou isolado clínico. O conhecimento mais apurado do comportamento dos micro-organismos dos canais radiculares propiciará melhores modelos de estudo antimicrobianos para uso futuro, além do maior conhecimento da sua virulência.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MIDENA, Raquel Zanin. Suscetibilidade antimicrobiana e protocolo de purificação de RNA para análise de expressão gênica de isolados clínicos de Fusobacterium nucleatum. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.