Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da varicocele e de seu tratamento nas vias proteômicas e lipidômicas e no estresse oxidativo seminal em adultos

Processo: 12/15039-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 12 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Ricardo Pimenta Bertolla
Beneficiário:Mariana Camargo
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Infertilidade masculina   Proteômica   Estresse oxidativo   Lipidômica   Varicocele

Resumo

A varicocele é a principal causa tratável de infertilidade masculina. Apesar de presente em 15% da população masculina adulta, 35% dos homens inférteis e 80% dos homens com infertilidade secundária apresentam uma varicocele palpável. Além disso, muitos estudos associam a varicocele a uma diminuição na qualidade seminal, na qualidade funcional dos espermatozoides, no volume testicular e na composição proteômica do plasma seminal. A intervenção cirúrgica (varicocelectomia) pode melhorar a qualidade seminal, porém ainda não sabemos (i) quais homens devem ser operados para varicocele e (ii) quais mecanismos moleculares determinam essa melhora seminal. Um estudo recente de nosso grupo verificou que a varicocelectomia leva a uma melhora precoce (em até 90 dias) no estresse oxidativo seminal e na biossíntese de eicosanóides. Sabemos, pois, que a correção da varicocele impacta positivamente a qualidade funcional e a expressão de algumas proteínas. Ainda necessitamos mapear melhor o proteoma do plasma seminal e dos espermatozoides destes pacientes, porque não sabemos como se diferencia do sêmen de homens férteis, tampouco podemos sugerir quais pacientes devem ou não ser operados.Em vista disso, o presente projeto se propõe a estudar homens com sêmen normal, sem varicocele (controles) e compará-los com pacientes com varicocele antes da correção da varicocele e 90 e 360 dias após a varicocelectomia subinguinal microcirúrgica. Em ambos os grupos (com e sem varicocele) e nos três tempos experimentais (antes, 90 dias após e 360 dias após a varicocelectomia) será realizada uma avaliação da qualidade seminal, da qualidade funcional dos espermatozóides, do nível de peroxidação lipídica seminal, bem como uma análise proteômica e lipidômica destes pacientes.Com esses resultados, espera-se obter uma melhor compreensão dos mecanismos pelos quais a varicocelectomia pode reestabelecer a homeostase seminal e as vias metabólicas presentes, bem como a separar os pacientes que se beneficiarão de fato de uma intervenção cirúrgica.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMARGO, MARIANA; IBRAHIM, EMAD; ABALLA, TEODORO C.; CARDOZO, KARINA H. M.; CARVALHO, VALDEMIR M.; LYNNE, CHARLES M.; BRACKETT, NANCY L.; BERTOLLA, RICARDO P. Proteomic insight of seminal plasma in spinal cord injured men submitted to oral probenecid treatment for improved motility. JOURNAL OF SPINAL CORD MEDICINE, FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
CAMARGO, M.; INTASQUI, P.; BELARDIN, L. B.; ANTONIASSI, M. P.; CARDOZO, K. H. M.; CARVALHO, V. M.; FRAIETTA, R.; BERTOLLA, R. P. Molecular pathways of varicocele and its repair - A paired labelled shotgun proteomics approach. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 196, p. 22-32, MAR 30 2019. Citações Web of Science: 0.
DEL GIUDICE, P. T.; BELARDIN, L. B.; CAMARGO, M.; ZYLBERSZTEJN, D. S.; CARVALHO, V. M.; CARDOZO, K. H. M.; BERTOLLA, R. P.; CEDENHO, A. P. Determination of testicular function in adolescents with varicocoele - a proteomics approach. ANDROLOGY, v. 4, n. 3, p. 447-455, MAY 2016. Citações Web of Science: 12.
CAMARGO, MARIANA; INTASQUI, PAULA; BERTOLLA, RICARDO PIMENTA. Proteomic profile of seminal plasma in adolescents and adults with treated and untreated varicocele. ASIAN JOURNAL OF ANDROLOGY, v. 18, n. 2, p. 194-201, MAR-APR 2016. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.