Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de inibidores de histonas desacetilase no tratamento da obesidade e resistência à insulina associada

Processo: 12/15774-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Marco Aurélio Ramirez Vinolo
Beneficiário:Fabio Takeo Sato
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/03962-3 - Função do receptor GPR109A nos efeitos da tributirina em camundongos alimentados com dieta rica em gordura, BE.EP.DR
Assunto(s):Resistência à insulina   Inflamação   Macrófagos   Obesidade

Resumo

A obesidade é uma condição na qual há acúmulo excessivo de tecido adiposo. No Brasil, por volta de 49% da população está acima do peso, sendo 16% de obesos. Por estar associada a outras enfermidades como diabetes mellitus tipo 2 (DM2), doenças cardíacas, hipertensão, dislipidemia, certos tipos de câncer e apresentar alta taxa de morbi- mortalidade, representa um grave problema de saúde pública. A obesidade promove um quadro de inflamação crônica de baixa intensidade, o qual está envolvido na disfunção de órgãos observada. No presente projeto temos como objetivo investigar o efeito do inibidor de histona desacetilase (iHDAC) SAHA e da pró-droga de butirato (tributirina), os quais têm efeitos anti-inflamatórios relevantes, sobre o desenvolvimento de resistência à insulina em modelo murino de obesidade. Para isso, camundongos C57BL/6 machos adultos receberão dieta hiperlipídica e concomitante tratamento com iHDAC pelo período de 10 semanas. Ao final do protocolo, serão determinadas a resposta à insulina (metabolismo de glicose e sinalização ao hormônio), parâmetros lipídicos (colesterol, lipoproteínas e concentração de ácidos graxos livres), a produção de mediadores inflamatórios por macrófagos peritoneais e tecido adiposo branco e a ativação de vias inflamatórias e da insulina em fígado, músculo esquelético e tecido adiposo branco. Esse protocolo também será aplicado a camundongos Ob/ob (deficientes em leptina), os quais desenvolvem obesidade e quadro de resistência à insulina. O presente projeto é importante não somente para a compreensão dos mecanismos envolvidos na fisiopatologia da resistência à insulina induzida pela administração prolongada de dieta hiperlipídica, mas também para investigação de possível intervenção preventiva e/ou terapêutica, como o uso de iHDAC.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, HOSANA G.; SATO, FABIO TAKEO; CURI, RUI; VINOLO, MARCO A. R. Fatty acids as modulators of neutrophil recruitment, function and survival. European Journal of Pharmacology, v. 785, p. 50-58, AUG 15 2016. Citações Web of Science: 20.
CORREA, RENAN OLIVEIRA; FACHI, JOSE LUIS; VIEIRA, ALINE; SATO, FABIO TAKEO; VINOLO, MARCO AURELIO R. Regulation of immune cell function by short-chain fatty acids. CLINICAL & TRANSLATIONAL IMMUNOLOGY, v. 5, APR 2016. Citações Web of Science: 159.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.