Busca avançada
Ano de início
Entree

Bullying, vitimização por funcionários e depressão: relações com o engajamento escolar

Processo: 12/17691-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Lúcia Cavalcanti de Albuquerque Williams
Beneficiário:Jéssica Elena Valle
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Bullying   Depressão

Resumo

A influência da educação no desenvolvimento de um país é inquestionável. A aprendizagem dos conteúdos acadêmicos depende, ainda que não somente, da frequência às aulas e do engajamento nas atividades escolares. Estudos já descreveram o envolvimento em bullying como um dos fatores de risco para o engajamento escolar. Porém, ainda se faz necessário compreender as relações entre bullying e engajamento escolar considerando variáveis como gênero, idade, depressão e vitimização por funcionários. Este estudo está vinculado a um estudo mais amplo e investiga relações entre bullying e o engajamento escolar em 700 alunos do 6º ao 9º ano de duas escolas públicas localizadas em um bairro vulnerável socialmente na cidade de São Carlos. Tais estudantes responderam aos instrumentos Escala de Violência Escolar, Inventário de Depressão Infantil e Escala de Engajamento Escolar. Na análise de dados será utilizada a técnica de regressão linear, considerando-se enquanto variáveis: gênero, idade, depressão, envolvimento no bullying - autor, vítima ou vitima-autor, vitimização por funcionários e engajamento escolar. Adicionalmente, será composto um modelo teórico com tais variáveis, o qual será testado por meio de modelo de equações estruturais. Hipotetiza-se que envolver-se em bullying e ser vítima de funcionários prediz baixo engajamento escolar e apresentar depressão tem uma maior contribuição para baixo engajamento escolar do que envolver-se em bullying. Além disso, infere-se que ser vítima ou vítima-autor de bullying e ter sido vítima de funcionários tenha um efeito indireto no engajamento escolar, sendo tal fato mediado pelo índice de depressão.