Busca avançada
Ano de início
Entree

Revisão taxonômica e análise cladística de Ormiophasia Townsend, 1919 (Diptera, Tachinidae, Ormiini).

Processo: 12/17847-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Silvio Shigueo Nihei
Beneficiário:Filipe Macedo Gudin
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/01952-8 - Revisão taxonômica de Ormiophasia Townsend, 1919 (Diptera, Tachinidae, Ormiini), com foco nos holótipos de Séguy, BE.EP.MS
Assunto(s):Região neotropical   Diversidade   Tachinidae   Sistemática

Resumo

Tachinidae é uma das maiores famílias de Diptera em número de espécies, com uma grande variedade de hábitos e formas. Além disso, todas as espécies são endoparasitoides de outros artrópodes. Devido a essa grande diversidade e à falta de estudos taxonômicos adequados, a classificação de Tachinidae ainda é muito confusa, principalmente na Região Neotropical. Atualmente, a família está classificada em quatro subfamílias: Phasiinae, Dexiinae, Exoristinae e Tachininae, esta última contendo a tribo Ormiini. Os ormiínios possuem distribuição mundial, sendo caracterizados por localizarem seus hospedeiros (Orthoptera, Ensifera) fonotaticamente. Para isso, o prosterno é adaptado em forma de uma membrana acústica. O gênero Ormiophasia Townsend, 1919 possui nove espécies e é o único representante dessa tribo endêmico da Região Neotropical. Assim, este trabalho visa contribuir para o conhecimento e classificação de Tachinidae com a revisão taxonômica e a análise cladística morfológica das espécies de Ormiophasia. Na revisão serão redescritas as espécies reconhecidas como válidas, descritas as eventuais espécies novas encontradas, e elaborada uma chave de identificação das espécies. Para isso, será analisado o material proveniente de diversas coleções nacionais e internacionais. Os caracteres morfológicos terão pesos iguais e seus estados serão tratados como não ordenados (em caracteres multiestado) e não polarizados, sendo codificados em uma matriz por meio do programa Winclada. As análises serão feitas no programa TNT. O suporte dos ramos será verificado pelo índice de Bremer e por frequências de bootstrap. A pesagem implícita será utilizada para compreender melhor como os caracteres contribuem para a análise.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GUDIN, FILIPE M.; NIHEI, SILVIO S. Taxonomic revision of the Neotropical genus Ormiophasia Townsend, 1919 (Diptera: Tachinidae), with the description of eight new species. Zootaxa, v. 4643, n. 1, p. 1-74, JUL 22 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GUDIN, Filipe Macedo. Revisão taxonômica e análise cladística, baseada em dados morfológicos, do gênero Ormiophasia Townsend, 1919 (Diptera, Tachinidae, Ormiini). 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.