Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da Motilidade Gástrica na Farmacocinética da Furosemida.

Processo: 12/20458-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:José Ricardo de Arruda Miranda
Beneficiário:Uilian de Andreis
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/07639-9 - Motilidade gastrintestinal: investigações clínicas, fisiopatológicas e biofarmacêuticas, AP.TEM
Assunto(s):Farmacocinética   Furosemida

Resumo

A avaliação dos parâmetros motores do trato gastrintestinal é condição necessária para caracterizar o comportamento de formas farmacêuticas sólidas administradas pela via oral. A função motora gastrintestinal pode ser alterada em detrimento de doenças, interações com medicamentos ou intervenções cirúrgicas. Essas alterações, por sua vez, podem influenciar diversos processos farmacêuticos e, consequentemente, a biodisponibilidade dos fármacos. Comprimidos são as formas farmacêuticas mais utilizadas na terapia. Para garantir a eficácia e segurança dessas preparações, são necessários testes in vitro que simulam o trato gastrintestinal. Entretanto, não é possível estimar com precisão a influencia dos parâmetros gastrintestinais na liberação do fármaco. Por essa razão, os ensaios in vivo realizados por técnicas não invasivas e inócuas ao indivíduo são necessários, pois permitem monitorar simultaneamente os parâmetros motores e suas interrelações com os processos de liberação e biodisponibilidade dos fármacos. A proposta tem por objetivo o estudo da influência da motilidade gástrica no processo de absorção de um fármaco na porção superior do trato gastrintestinal. Para isso, serão conduzidos estudos em voluntários saudáveis, modulando a atividade motora gástrica, e caracterizando as possíveis variações de biodisponibilidade. Empregando a técnica de Biosusceptometria AC associada à farmacocinética, será avaliada a influência da motilidade gastrintestinal, bem como das alterações induzidas nessa função pela administração prévia de um procinético (Domperidona) e um antimuscarínico (Butilbrometo de Escopolamina). Dessa forma, poderá ser avaliada a influência da atividade motora gástrica no processo de liberação e biodisponibilidade de um fármaco modelo (Furosemida) adicionado aos comprimidos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)