Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos estruturais e cinéticos da enzima Desoxicitidilato desaminase (DEOC) de Schistosoma mansoni

Processo: 12/15777-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Humberto D'Muniz Pereira
Beneficiário:Jessica Fernandes Scortecci
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Schistosoma mansoni   Esquistossomose

Resumo

A esquistosomose é uma doença negligenciada que não atrai grandes investimentos de empresas do mercado farmacêutico na busca por potenciais fármacos. A enzima Desoxicitidilato desaminase (DEOC) é uma das enzimas do ciclo do timidilato do parasita Schistosoma mansoni causador da doença. Sendo esta uma das vias metabólicas essenciais do organismo, atuando na desaminação irreversível hidrolítica do deoxicitidina-5'-monofosfato (dCMP) para deoxiuridina-5'-monofosfato (dUMP) para prover o substrato para a Timidilato sintase, um passo fundamental na síntese de nucleotídeos estruturais (DNA e RNA) e energéticos (UTP). Esse trabalho tem como objetivo a determinação de um modelo cinético permitindo a longo prazo busca por possíveis inibidores e também a obtenção de um modelo estrutural que viabilize a compreensão das interações sítio específicas contribuindo assim com o aumento do conhecimento sobre as vias fundamentais do parasita. Para isso, será empregada a técnica de expressão heteróloga em sistema Escherichia coli BL21(DE3) do clone SmDEOC em vetor pET28a (Novagen), purificação por cromatografia por afinidade e exclusão molecular após a clivagem do His-TAG com trombina, validação através de SDS-PAGE e eletroforese nativa. Os ensaios cinéticos serão realizados por meio fluorimétrico monitorando a redução da absorção em 290 nm (comprimento de onda relacionado ao dCMP). A obtenção do modelo estrutural será empregando difração de raios-X em monocristal formado pelo método de difusão de vapor em gota suspensa. O cDNA de SmDEOC foi amplificado, a enzima recombinante expressa e caracterizada como um hexâmero estável em solução (118 kDa) pela análise do perfil cromatográfico e eletroforese na ausência de SDS e condições desnaturantes. Os primeiros ensaios de cristalização já apontam a condições favoráveis obtendo alguns cristais a serem testados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SCORTECCI, JESSICA FERNANDES; BALASCO SERRAO, VITOR HUGO; CHELESKI, JULIANA; TORINI, JULIANA ROBERTA; ROMANELLO, LARISSA; DEMARCO, RICARDO; PEREIRA, HUMBERTO D'MUNIZ. Spectroscopic and calorimetric assays reveal dependence on dCTP and two metals (Zn2+ + Mg2+) for enzymatic activity of Schistosoma mansoni deoxycytidylate (dCMP) deaminase. BIOCHIMICA ET BIOPHYSICA ACTA-PROTEINS AND PROTEOMICS, v. 1865, n. 11, A, p. 1326-1335, NOV 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.