Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos latentes ou cumulativos? A influência da manipulação maternal e da condição trófica pelagial no recrutamento de cirripédios do entre marés.

Processo: 12/17380-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 15 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Augusto Alberto Valero Flores
Beneficiário:Paula Kasten
Instituição-sede: Centro de Biologia Marinha (CEBIMAR). Universidade de São Paulo (USP). São Sebastião , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/10327-2 - Estratégias reprodutivas em cracas sob estresse térmico: respostas tropicais versus temperadas, BE.EP.DR
Assunto(s):Alimentação   Ecologia marinha

Resumo

A variabilidade espacial e temporal do suprimento larval pode influenciar fortemente as taxas de recrutamento em populações de invertebrados marinhos do entre marés, e, assim, determinar os padrões de abundância e distribuição de adultos. No entanto, o comportamento de larvas antes do assentamento, e a sua condição fisiológica, podem também desempenhar um papel importante. Há vários fatores que influenciam a qualidade fisiológica de uma larva, sendo um deles o efeito materno, ou seja, a forma como os recursos são manipulados pelas mães para produzir sua prole, especialmente como afeta a fecundidade. Outro fator importante é o estado trófico do ambiente onde estágios iniciais planctotróficos se desenvolvem em estágios finais lecitotróficos pré-competentes. No entanto, pouco se sabe sobre a relação entre esses dois processos e se a variabilidade natural das condições da costa realmente provoca uma pior qualidade no desempenho juvenil e nas taxas de recrutamento. Neste estudo iremos analisar se os processos que afetam a qualidade embrionária e larval são independentes ou interativas, e também se as condições ambientais ao longo de uma costa subtropical pode mediar tendências de qualidade de larvas à mesoescala. Iremos usar a craca Chthamalus bisinuatus como modelo biológico, e experimentos de laboratório e de campo serão realizados para testar os efeitos do fornecimento de nutrientes para as mães e para os seus descendentes. Um conjunto de indicadores, incluindo mortalidade e metabolismo lipídico, tanto nos estágios iniciais (náuplios) e nas larvas tardias (cipris) serão medidos. Além disso, vamos acompanhar o desempenho dos juvenis transplantados para o campo para prever efeitos latentes no recrutamento.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KASTEN, PAULA; TREMBLAY, REJEAN; FLORES, AUGUSTO A. V. Mismatched seasonal patterns of larval production and quality in subtropical barnacle populations along a coastal trophic gradient. ESTUARINE COASTAL AND SHELF SCIENCE, v. 224, p. 43-50, AUG 31 2019. Citações Web of Science: 0.
KASTEN, PAULA; JENKINS, STUART R.; TREMBLAY, REJEAN; FLORES, AUGUSTO A. V. Evidence for enhanced late-stage larval quality, not survival, through maternal carry-over effects in a space monopolizing barnacle. Hydrobiologia, v. 830, n. 1, p. 277-286, MAR 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.