Busca avançada
Ano de início
Entree

Um modelo matemático para avaliar o impacto da resistência ao tratamento na epidemia da tuberculose

Processo: 12/13171-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 25 de outubro de 2012
Vigência (Término): 24 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Matemática Aplicada
Pesquisador responsável:Silvia Martorano Raimundo
Beneficiário:Silvia Martorano Raimundo
Anfitrião: Ezio Venturino
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Torino (UNITO), Itália  
Vinculado ao auxílio:09/15098-0 - Avaliando controle de epidemias utilizando modelos matemáticos e computacionais, AP.TEM
Assunto(s):Equações diferenciais ordinárias   Resistência microbiana a medicamentos   Tuberculose

Resumo

A atividade de pesquisa deste projeto, relacionada com a epidemiologia e imunologia das doenças infecciosas e representada pela pesquisadora da FMUSP, alia-se as teorias matemática e numérica do pesquisador da Università degli Studi di Torino, Dipartamento di Matemática, Torino, Itália. Apesar do formalismo matemático existente, esse projeto também tem um importante enfoque epidemiológico pois através de um modelo matemático, propõe-se avaliar o impacto do tratamento na epidemia da Tuberculose, analisando as estratégias de tratamento vigentes, e o desafio que existe para reduzir o risco de resistência ao esquema terapêutico utilizado. Neste sentido, e contribuindo com a atual polêmica sobre resistência a drogas, o modelo proposto torna-se ferramenta importante para se entender os problemas de saúde pública relacionados ao controle da doença na população e o porque da descrição de fenômenos epidemiológicos e imunológicos utilizando-se modelos matemáticos. (AU)