Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular e funcional da secreção e ação da insulina em camundongos fêmeas obesas menopausadas e suplementadas com taurina

Processo: 12/50430-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Everardo Magalhães Carneiro
Beneficiário:Roberta de Souza Santos
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/05801-7 - Investigação do papel do 17 alfa-estradiol em aumentar a inflamação no sistema nervoso central, BE.EP.PD
Assunto(s):Obesidade   Resistência à insulina   Menopausa   Taurina   Inflamação   Metabolismo energético

Resumo

A menopausa é caracterizada pela cessação da produção ovariana de estradiol, níveis elevados do hormônio folículo estimulante (FSH), ganho ponderai, distribuição andróide de gordura corporal e diminuição do gasto energético. Com o acúmulo de gordura abdominal, há aumento do risco para desenvolvimento de resistência insulínica (RI). Dessa forma, estratégias que visem a prevenção da instalação da RI ou atenuem os seus efeitos são de importância especialmente na pós-menopausa. Estudos prévios do laboratório em que será desenvolvido o projeto apontam para a taurina como um importante regulador da homeostase glicemica. Dentre os mecanismos que permeiam os efeitos benéficos da TAU sobre a RI são a sua atividade anti-inflamatória, antioxidante e ações osmóticas. Frente a isso, pretende-se com o estudo analisar o papel da menopausa sobre os mecanismos moleculares e funcionais envolvidos no controle da secreção e ação da insulina em camundongos fêmeas obesas. Ademais, será analisado o papel da TAU sobre as vias inflamatórias, metabolismo energético mitocondrial e expressão gênica (nutrigenômica) de substâncias-chave envolvidas no metabolismo da glicose. Os genes e proteínas que serão estudados estão envolvidos na homeostase glicemica e oxidação lipídica e podem estar alterados na pós-menopausa como é o caso do PPAR-δ, Fox01, PDK4, UPC2, ER-α, ER-β. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTOS, ROBERTA DE SOUZA; CAMARGO, RAFAEL L.; VANZELA, EMERIELLE C.; BATISTA, THIAGO M.; MORATO, PRISCILA N.; LEITE, NAYARA C.; ROVANI, JULIANA C.; GARCIA-AREVALO, MARTA; CLEGG, DEBORAH J.; CARNEIRO, EVERARDO M. Diet-induced glucose homeostasis dysregulation is enhanced by taurine supplementation in ovariectomized mice. Amino Acids, v. 50, n. 3-4, p. 469-477, APR 2018. Citações Web of Science: 1.
MORSELLI, EUGENIA; SANTOS, ROBERTA S.; CRIOLLO, ALFREDO; NELSON, MICHAEL D.; PALMER, BIFF F.; CLEGG, DEBORAH J. The effects of oestrogens and their receptors on cardiometabolic health. NATURE REVIEWS ENDOCRINOLOGY, v. 13, n. 6, p. 352-364, JUN 2017. Citações Web of Science: 31.
SANTOS, ROBERTA S.; BATISTA, THIAGO M.; CAMARGO, RAFAEL L.; MORATO, PRISCILA N.; BORCK, PATRICIA C.; LEITE, NAYARA C.; KURAUTI, MIRIAN A.; WANSCHEL, AMARYLIS C. B. A.; NADAL, ANGEL; CLEGG, DEBORAH J.; CARNEIRO, EVERARDO M. Lacking of estradiol reduces insulin exocytosis from pancreatic beta-cells and increases hepatic insulin degradation. Steroids, v. 114, n. SI, p. 16-24, OCT 2016. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.