Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem, expressão, purificação e caracterização de termolisinas de Leptospira interrogans: interações com o sistema plasminogênio / plasmina e implicações na infecção

Processo: 12/50523-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 19 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Ana Lucia Tabet Oller Do Nascimento
Beneficiário:Mônica Larucci Vieira
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/18337-4 - Modulation of hosts' coagulation and inflammation by Leptospira, BE.EP.PD
Assunto(s):Termolisina   Plasminogênio   Leptospirose   Leptospira

Resumo

A patogênese e virulência de Leptospira, bactérias causadoras da leptospirose, permanecem não elucidadas. As leptospiras não apresentam proteases conhecidas que permitam a penetração e disseminação ativa nos hospedeiros. Nos últimos anos, estudamos a interação de leptospiras com o sistema fibrinolitico. Foi descrita a captura de plasminogênio (PLG) na superfície bacteriana, o qual é convertido à plasmina (PLA) por ativadores exógenos, conferindo atividade proteolítica à bactéria. Isso favorece a penetração e disseminação, e confere evasão imune. Adicionalmente, demonstramos que as leptospiras induzem a expressão de ativadores de PLG e aumentam a disponibilidade e ativação de metaloproteases de matriz em células endoteliais e pacientes com leptospirose. As termolisinas (TLs) expressas por micro¬organismos geralmente estão envolvidas na patogênese de doenças, constituindo fatores de virulência essenciais. Estudos relatam a interação de TLs com sistemas proteoliticos, principalmente o fibrinolitico, intensificando a proteólise no hospedeiro, geralmente por ativação de pró-enzimas ou degradação de inibidores. No genoma de L. interrogans, constatamos a anotação de quatro proteínas como TLs putativas. Este projeto propõe a caracterização funcional dessas prováveis TLs. Visa-se principalmente a análise da interação destas proteínas com sistemas proteoliticos, especialmente o fibrinolitico, e as possíveis conseqüências na interação patógeno-hospedeiro. As TLs de Leptospira podem ser fatores de virulência, e a sua caracterização pode elucidar aspectos da patogênese dessas bactérias. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VIEIRA, MONICA L.; DE ANDRADE, SONIA A.; MORAIS, ZENAIDE M.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; DAGLI, MARIA LUCIA Z.; NASCIMENTO, ANA LUCIA T. O. Leptospira Infection Interferes with the Prothrombinase Complex Assembly during Experimental Leptospirosis. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 8, MAR 28 2017. Citações Web of Science: 0.
SIQUEIRA, GABRIELA H.; TEIXEIRA, ALINE F.; FERNANDES, LUIS G.; DE SOUZA, GISELE O.; KIRCHGATTER, KARIN; ROMERO, ELIETE C.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; VIEIRA, MONICA L.; NASCIMENTO, ANA LUCIA T. O. The recombinant LIC10508 is a plasma fibronectin, plasminogen, fibrinogen and C4BP-binding protein of Leptospira interrogans. PATHOGENS AND DISEASE, v. 74, n. 2 MAR 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.