Busca avançada
Ano de início
Entree

A ação das Caixas e Institutos de Aposentadoria e Pensões em periódicos de arquitetura, Nordeste (1930-1964)

Processo: 12/15920-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 08 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Telma de Barros Correia
Beneficiário:Caliane Christie Oliveira de Almeida Silva
Instituição-sede: Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Habitação social   Nordeste   Periódicos

Resumo

O projeto de pesquisa que se pretende desenvolver tem como tema, "políticas públicas habitacionais", tomando o Nordeste como estudo de caso. A pesquisa tem dois objetivos. O primeiro é dar continuidade à pesquisa de doutoramento financiada pela FAPESP, intitulada "Habitação Social no Nordeste: a atuação das CAPs e dos IAPs (1930-1964)", defendida no corrente ano junto ao Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, do IAU-USP, a qual empreendeu os estudos e levantamentos da atuação dos referidos órgãos no campo da moradia social em sete das nove capitais nordestinas (Salvador, Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Teresina e São Luís), bem como identificou, mapeou e analisou as unidades habitacionais edificadas e/ou financiadas e registrou os profissionais, engenheiros e arquitetos, envolvidos no processo. A pesquisa proposta pretende estender essas análises às duas capitais não contempladas no Doutorado: Maceió e Aracaju. Em seguida, partir-se-á para a identificação e apreciações da produção habitacional das CAPs e IAPs no Nordeste, bem como de suas ações em distintos setores da construção e da economia, divulgadas em publicações de significativos periódicos da época, como as revistas A Casa, Acrópole, Arquitetura, Arquitetura e Engenharia, Arquitetura e Urbanismo, BAC, Habitat e do IDORT, que se propuseram a identificar as importantes e modernas realizações no campo da construção no país. O estudo se justifica, dentre outros aspectos, pela latente necessidade de se revisar a historiografia acerca da política pública habitacional, da produção habitacional estatal e da arquitetura resultante dessas ações no Nordeste, diante dos lapsos e hiatos identificados nas publicações existentes sobre o assunto, pela escassez de dados e informações sobre a atuação das CAPs/IAPs na região, assim como pela ausência de pesquisas sobre a atuação desses institutos de previdência por meio de periódicos de arquitetura e/ou construção no país. Dessa forma, este estudo conformar-se-á uma contribuição para a história da moradia no Brasil, bem como para o registro da memória e construção da história das capitais nordestinas em questão.Palavras chave: Habitação social. CAPs/IAPs. Nordeste. Periódicos.