Busca avançada
Ano de início
Entree

Redes metalo-orgânicas para liberação controlada de fármacos

Processo: 12/17043-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:André Luiz Barboza Formiga
Beneficiário:Irlene Maria Pereira e Silva
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Química de coordenação   Liberação controlada de fármacos   Estrutura metal-orgânica

Resumo

A pesquisa e o desenvolvimento de materiais porosos vêm despertando bastante interesse devido às diversas aplicações desses materiais, como por exemplo, os zeólitos e as sílicas mesoporosas. Uma nova classe de materiais porosos vem se destacando nos últimos anos, os chamados metal-organic frameworks, MOFs, definido neste trabalho como redes metalo-orgânicas, RMOs, que são compostos por íons ou clusters metálicos conectados através de ligantes orgânicos, formando estruturas cristalinas com porosidades. Os RMOs são híbridos inorgânico-orgânicos que apresentam alta área superficial, estabilidade e grande porosidade, que os tornam interessantes nas aplicações de separação e armazenamento de gases, como catalisadores e na liberação controlada de fármacos. Com relação a esta última aplicação, os RMOs vêm apresentando grande capacidade de carregamento de fármacos devido às suas características estruturais, tais como, grande volume de poros e alta área superficial. Dentre estes, destacam-se o MIL-101(Cr) que apresenta uma das maiores áreas superficiais que se conhece e o MIL-101 (Fe) que contém ferro, elemento biocompatível, além de também possui uma alta área superficial. Este projeto visa a síntese e a caracterização das matrizes MIL-101(Cr) e MIL-101(Fe) e seus análogos, com o objetivo de aplicá-los no carregamento e na liberação controlada de fármacos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Irlene Maria Pereira e. Redes metalorgânicas análogas ao MIL-101 para a liberação controlada de fármacos. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.