Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

Investigação do papel regulatório da enzima degradadora de insulina (IDe) na regeneração de neurônios sensoriais olfatórios

Processo: 12/21854-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Isaias Glezer
Beneficiário:Umberto Crisafulli
Supervisor no Exterior: Malcolm Arthur Leissring
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Mayo Clinic, Florida, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/13134-0 - Estudo da influência da sinalização de Receptores Toll-Like (TLRs) e do gene MyD88 na regeneração neuronal do epitélio olfatório, BP.DD
Assunto(s):Neurociências   Regeneração nervosa   Mucosa olfatória

Resumo

As células do sistema imune participam ativamente no processo regenerativo pós-lesão do encéfalo. As células efetoras da imunidade inata expressam receptores de membrana do tipo Toll (Toll-like receptors, TLRs) que atuam na detecção de padrões moleculares associados a patógenos (PAMPs) ou a marcas de dano celular (DAMPs). Esta sinalização inflamatória, além de neutralizar e eliminar os patógenos, estimula a recuperação do tecido atingido. Nossos estudos indicam que a ausência do gene Myd88, codificante de uma proteína adaptadora de diversos TLRs, provoca uma regeneração precoce do Epitélio Olfatório (OE) de camundongos. Com a finalidade de identificar genes relacionados à ausência da sinalização MYD88, foi procedida através de microarray uma análise global de expressão gênica após a lesão do OE de camundongos selvagens e Myd88-/-. Entre os genes diferencialmente expressos, foi observada uma notável alteração na expressão do gene Ide (Insulin Degrading Enzyme). Os camundongos Myd88-/- apresentaram níveis de expressão de RNAm deste gene inferiores ao do grupo composto por camundongos selvagens. Nossa hipótese é a de que a neurorregeneração mais rápida presente no grupo deficiente do gene Myd88 ocorre em função de uma menor expressão e atividade da enzima IDE no tecido, ocasionando em maior disponibilidade dos fatores de crescimento por ela clivados (IGFII e TGF-alfa). O objetivo da presente proposta é o de avaliar se a ausência de expressão da IDE proporciona o fenótipo observado nos camundongos Myd88-/-, explicando a diferente dinâmica regenerativa do OE. Para cumprir esta finalidade, recorremos a possibilidade de colaborar com um grupo experiente nos estudos da IDE, proporcionando tanto a avaliação da atividade enzimática no decurso da regeneração, como a análise do reaparecimento de neurônios do OE em camundongos Ide-/- após a lesão. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.