Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismo de ação da goniotalamina e derivados: uso de sondas fluorescentes e receptores de folato

Processo: 12/18281-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Ronaldo Aloise Pilli
Beneficiário:Débora Barbosa Vendramini Costa
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/05189-7 - Avaliação dos potenciais preventivo e terapêutico da goniotalamina em modelos de câncer de cólon associado a colite e câncer de cólon esporádico, BE.EP.PD
Assunto(s):Síntese orgânica   Farmacologia   Goniotalamina   Corantes fluorescentes   Neoplasias

Resumo

O crescente entendimento da biologia tumoral tem fornecido alvos moleculares para a triagem orientada de quimioterápicos e de agentes quimiopreventivos, geralmente de origem natural ou sintetizados com base em produtos naturais. As principais classes de quimioterápicos disponíveis na terapêutica têm como alvo eventos relacionados ao DNA, porém outros mecanismos estão sendo explorados, como é o caso da piplartina, um alcalóide presente em plantas da espécie Piper, que promove aumento da concentração de espécies reativas de oxigênio (ROS) por inibir a ação da enzima detoxificante glutationa-S-transferase pi1 (GSTP1), mecanismo seletivo para células tumorais. A toxicidade apresentada pela maioria das drogas disponíveis na quimioterapia é um dos maiores desafios para o desenvolvimento de novos compostos, que visam melhores índices terapêuticos e seletividade para as linhagens tumorais, o que justifica a busca por novos agentes quimioterápicos. Uma estratégia é a conjugação de moléculas ativas com ácido fólico, que é reconhecido por receptores de folato seletivamente presentes na membrana de células tumorais, direcionando a droga para a células tumoral. Nosso laboratório vem, há alguns anos, desenvolvendo trabalhos em colaboração para avaliação da atividade biológica, sendo a goniotalamina (GTN) o maior representante desse esforço. Estudos anteriores desenvolvidos por nosso grupo e durante o doutorado da proponente revelam que a GTN apresenta atividade antiproliferativa frente a painel de células tumorais humanas, além de apresentar atividade antitumoral e anti-inflamatória in vivo, com ausência de sinais de toxicidade. A fim de continuar os estudos com a GTN, propõem-se estratégias que facilitarão o estudo do mecanismo de ação, como a conjugação da GTN com sondas fluorescentes e a avaliação do seu potencial genotóxico e mutagênico. Além disso, visando a seletividade para células tumorais, propõe-se a conjugação da GTN com o folato e pteroato, além da produção de híbridos GTN/piplartina. Devido ao potencial anti-inflamatório e antitumoral da GTN, propõe-se sua avaliação em modelo de carcinogênese de bexiga em ratos, com avaliação de mediadores comuns entre o processo inflamatório e o desenvolvimento tumoral. Esse projeto conta com diferentes colaborações no Instituto de Biologia - UNICAMP, CPQBA-UNICAMP e no Fox Chase Cancer Center, Filadélfia-EUA, e insere-se no âmbito do projeto temático "Biologia Química: Novos Alvos Moleculares Naturais e Sintéticos contra o Câncer. Estudos Estruturais, Avaliação Biológica e Modo de Ação", Processo FAPESP nº 2009/51602-5, coordenado pelo Dr. Ronaldo Pilli. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VENDRAMINI-COSTA, DEBORA BARBOSA; ALCAIDE, ANTONIO; PELIZZARO-ROCHA, KARIN JULIANE; TALERO, ELENA; AVILA-ROMAN, JAVIER; GARCIA-MAURINO, SOFIA; PILLI, RONALDO ALOISE; DE CARVALHO, JOAO ERNESTO; MOTILVA, VIRGINIA. Goniothalamin prevents the development of chemically induced and spontaneous colitis in rodents and induces apoptosis in the HT-29 human colon tumor cell line. Toxicology and Applied Pharmacology, v. 300, p. 1-12, JUN 1 2016. Citações Web of Science: 5.
VENDRAMINI-COSTA, DEBORA BARBOSA; SPINDOLA, HUMBERTO MOREIRA; DE MELLO, GLAUCIA COELHO; ANTUNES, EDSON; PILLI, RONALDO ALOISE; DE CARVALHO, JOAO ERNESTO. Anti-inflammatory and antinociceptive effects of racemic goniothalamin, a styryl lactone. Life Sciences, v. 139, p. 83-90, OCT 15 2015. Citações Web of Science: 14.
VENDRAMINI-COSTA, DEBORA BARBOSA; MONTEIRO, KARIN MAIA; IWAMOTO, LEILANE HESPPORTE; JORGE, MICHELLE PEDROZA; TINTI, SIRLENE VALERIO; PILLI, RONALDO ALOISE; DE CARVALHO, JOAO ERNESTO. Gastroprotective effects of goniothalamin against ethanol and indomethacin-induced gastric lesions in rats: Role of prostaglandins, nitric oxide and sulfhydryl compounds. Chemico-Biological Interactions, v. 224, p. 206-212, DEC 5 2014. Citações Web of Science: 12.
BARCELOS, ROSIMEIRE COURA; PASTRE, JULIO CEZAR; VENDRAMINI-COSTA, DEBORA BARBOSA; CAIXETA, VANESSA; LONGATO, GIOVANNA BARBARINI; MONTEIRO, PAULA ARAUJO; DE CARVALHO, JOAO ERNESTO; PILLI, RONALDO ALOISE. Design and Synthesis of N-Acylated Aza-Goniothalamin Derivatives and Evaluation of Their in vitro and in vivo Antitumor Activity. CHEMMEDCHEM, v. 9, n. 12, p. 2725-2743, DEC 2014. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.