Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da ansiedade materna na freqüência cardíaca fetal analisada pela cardiotocografia computadorizada

Processo: 12/20357-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Roseli Mieko Yamamoto Nomura
Beneficiário:Isabel de Siqueira Ferraz
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez   Obstetrícia   Frequência cardíaca fetal   Cardiotocografia   Feto   Ansiedade

Resumo

Introdução: A ansiedade é um transtorno psiquiátrico com alta prevalência na população, especialmente em gestantes. Estudos que visam estabelecer associação entre o nível de ansiedade materna às alterações nos parâmetros de freqüência cardíaca fetal (FCF) possuem resultados não conclusivos, e este estudo visa contribuir para o conhecimento do tema. Objetivos: avaliar a associação entre os parâmetros fetais obtidos pela cardiotocografia computadorizada e o nível de ansiedade auto-referido por gestantes no terceiro trimestre de gestação. Métodos: trata-se de um estudo de corte transversal, com coleta prospectiva dos dados no qual serão incluídas no mínimo 25 gestantes de baixo risco em acompanhamento pré-natal, que terão seus níveis de ansiedade e os parâmetros da freqüência cardíaca fetal analisados. Serão utilizados os seguintes critérios de inclusão são: feto único e vivo; idade materna entre 18 e 40 anos; sem comorbidades ou complicações; sem uso regular de medicações; não utilização do fumo ou cafeína nas últimas quatro horas; feto sem alterações morfológicas e com crescimento adequado ao exame ultrassonográfico; idade gestacional entre 36 e 40 semanas;e compreensão do método de pesquisa e concordância em participar do estudo. Será solicitado à paciente que responda as questões pertinentes à escala de Ansiedade enquanto é realizado o exame de cardiotocografia computadorizada, pelo período de 30 minutos. O nível de ansiedade da paciente será avaliado por meio do questionário Beck Anxiety Inventory (BAI), validado na língua Portuguesa.