Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo da morfologia do aparelho alimentar em raias da ordem Myliobatiformes (Chondrichthyes: Batoidea)

Processo: 12/22366-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 05 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 04 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Marcelo Rodrigues de Carvalho
Beneficiário:Akemi Shibuya
Supervisor no Exterior: Luiz A. Rocha
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : California Academy of Sciences, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/23683-0 - Estudo comparativo da morfologia do aparelho alimentar em raias da ordem Myliobatiformes (Chondrichthyes: Batoidea), BP.PD
Assunto(s):Alimentação animal   Batoidea   Raias

Resumo

A suspensão maxilar em batóideos é categorizada como do tipo euhiostílico, o qual não possui nenhuma conexão ou articulação entre o crânio e os elementos mandibulares, apoiada somente pela cartilagem hiomandibular. No entanto, podem apresentar diferentes modos de captura e processamento de presas, os quais têm contribuição das diferenças morfológicas das cartilagens do aparelho bucal e da massa dos conjuntos musculares orobranquiais e suas respectivas funções. Além disso, a capacidade de consumir presas com estruturas rígidas, como os moluscos e crustáceos, pode estar relacionada com a formação trabecular nas cartilagens palatoquadrada e Meckeliana para o suporte do estresse durante a quebra desse tipo de presas. Nesta investigação, será realizada uma extensa análise da morfologia da suspensão maxilar e das características dos músculos orobranquiais em espécies de Myliobatiformes. A morfologia do aparelho alimentar será relacionada com as informações prévias da dieta e hábitos alimentares. Exemplares de Myliobatiformes serão dissecadose diafanizados. Os músculos envolvidos no processo alimentar serão removidos e será calculada a massa seca relativa dos conjuntos musculares quanto ao seu tipo e à sua função. A descrição da morfologia da suspensão maxilar será realizada por meio de observação direta e suas cartilagens palato quadrada e Meckeliana serão utilizadas para a análise histológica da trabeculação. Tais resultados serão utilizados para realizar inferências sobre a filogenia do grupo disponível. A relação entre a anatomia do aparelho bucal e o uso dele para a obtenção dos diferentes tipos de presas podem trazer uma discussão conjunta da mecânica alimentar dos diferentes mecanismos de alimentação característica para cada espécie e ainda contribuir para elucidar questões evolutivas das raias Myliobatiformes. (AU)